5GbetAtualização
Compartilhe

“Crie um ambiente onde a sua vitória seja inevitável”, diz Emicida a alunos em evento sobre educação

Criolo e MV Bill também destacaram a educação empreendedora como transformadora de vidas em evento do Sebrae sobre o tema
PorRedação
5GbetAtualização
Compartilhe

Um evento para marcar os 10 anos do Programa Nacional de Educação Empreendedora do Sebrae (PNEE) reuniu estudantes, professores, gestores e três artistas com relatos impressionantes sobre o papel da educação em suas trajetórias, nesta terça-feira (28), em Brasília. Durante o bate-papo sobre o tema, Emicida, MV Bill e Criolo contaram experiências relacionadas à educação como forma de transformação de vida.

Acesseaqui fotos do evento.

O cantor e escritor Emicida. Foto: Erivelton Viana.

Escritor, compositor e cantor, Emicida relembrou a dedicação da sua antiga professora Rita de Cássia, que elaborou histórias em quadrinhos para que o futuro artista aprendesse os conteúdos pelo quais ele não demonstrava interesse. “Embora gostasse de aprender, não me conectava com a instituição. A professora percebeu que eu tinha interesse pelas histórias, especialmente em quadrinhos. Nada disso seria possível sem ela”, destacou. O cantor ainda aconselhou os jovens presentes no evento.

A coisa mais importante é uma frase de amigo: crie um ambiente onde a sua vitória seja inevitável. Não podemos nos distrair disso.

Emicida, cantor e escritor.

Criolo dividiu a sua história com a educação e cantou para a plateia do evento. Foto: Erivelton Viana.

O impacto de ser criado por uma educadora foi destacado pelo cantor Criolo.

Não é um artigo que se compra, isso não está à venda. Com a educação empreendedora, agora temos métodos para fortalecer milhares de pessoas pelo país. Somos agentes transformadores da nossa vida e isso pode ajudar.Criolo, cantor.

Ele também exaltou a ação do Sebrae na promoção da educação. Isso vai reverberar em todo o país. Educação transformadora, que é o grande olhar do Sebrae de reconstrução da educação para os próximos anos”, apontou.

Rapper com destaque pelo seu engajamento social, MV Bill relatou sua experiência de transformação de vida por meio dos livros e como isso o ajudou em sua profissão. “Quando comecei a ser reconhecido pelo rap, pensei no coletivo. Vi que nas favelas onde há projetos sociais, a incidência é muito menor de jovens envolvidos com o crime”, argumentou, ao lembrar o que o motivou a atuar também na Central Única das Favelas (CUFA).

Precisamos fazer com que o acesso seja para todos. Com isso, eliminamos diversos percalços. Podemos fazer muitas coisas para mudar a realidade.

MV Bill, rapper.

MV Bill falou sobre a sua relação com os livros. Foto: Erivelton Viana.
  • Criolo
  • Educação Empreendedora
  • Emicida
  • MV Bill
  • PNEE