5GbetAtualização
Compartilhe

Franquia pode ser opção para pequenos negócios que desejam expandir

Entenda os requisitos básicos e os alertas pontos de atenção para franquear a empresa, com dicas e orientações do Sebrae
PorRedação
5GbetAtualização
Compartilhe

Quando um pequeno negócio começa a fazer sucesso com os clientes, é comum que o proprietário pense em abrir uma franquia da empresa e se tornar um franqueador. Nessa hora, muitas dúvidas podem surgir, pois a criação de uma franquia demanda uma avaliação criteriosa do negócio, tornando-se um processo extenso e robusto e que demanda preparo.

Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) indicam que o Brasil é o quinto país em quantidade de redes de franquia no mundo. Em 2022, esse mercado registrou crescimento de 14,3%, movimentando mais de R$ 211 bilhões. Com cerca de 1,5 milhão de trabalhadores diretos, o Franchising contou ainda com a expansão de 7,8% em suas unidades, totalizando 189 mil pontos de venda de franquias distribuídos por todo o país, ligados a mais de 3 mil redes em operação.

A analista da Unidade de Competitividade do Sebrae, Karen Sitta, explica que abrir se tornar uma franquia é uma opção para aquela empresa que deseja expandir o seu empreendimento, já possui um modelo consolidado, com potencial de crescimento e está pronto para escalar. Segundo ela, normalmente, quem quer iniciar o processo de formatação da franquia para se tornar um franqueador, deve avaliar se o seu negócio é franqueável, se tem um modelo testado, bem-sucedido, se tem um diferencial competitivo, além de estar decidido a expandir a sua marca para uso de unidades franqueadas.

-

“O desafio de se tornar um franqueador é muito maior do que de se tornar um franqueado, que vai adquirir o direito de uso de uma marca já estabelecida. A formatação de uma franquia deve ser realizada com atenção e preparo, sendo recomendada orientação e acompanhamento de especialistas ”, alerta.

Karen Sitta acrescenta que o empresário ou empresária ao decidir franquear deve, primeiramente, conhecer os princípios básicos do sistema de Franchising, saber o que é uma franquia, quais são os atores envolvidos neste processo de formatação, conhecer a legislação, tipos de franquias existentes, vantagens, desvantagens e principalmente como manter um bom relacionamento com sua rede de franqueados, tendo em vista que a atuação será em rede.

“Recomenda-se ainda que esse empreendedor analise o seu perfil como empresário, se sabe lidar e dividir responsabilidades, pois seu papel como franqueador inclui relacionamento com os franqueados e verifique se o seu negócio atende alguns requisitos básicos como a necessidade de ter capital para investimento, ter o registro da marca, possuir um modelo de negócio testado, ter controle administrativo -financeiro, saber liderar e dividir responsabilidades, Também precisa analisar se o negócio atende a alguns requisitos básicos, como ter capital para investimento”, pontua.

Franquia de pipoca gourmet ganha mercado dentro e fora do país

Com um espírito empreendedor nato, a empresária Elaine Moura, de Goiânia (GO), é proprietária da PopCorn Gourmet, que nasceu como um quiosque em um shopping da cidade e hoje conta com mais de 50 pontos de venda no Brasil, Estados Unidos e Portugal.

A ideia da pipoca gourmet surgiu quando ela era chef e dona de um buffet, função que desempenhou por quase 20 anos. Depois de sucessivos testes que comprovaram a boa aceitação do público, ela resolveu se dedicar apenas ao novo negócio.

Com o crescimento das vendas e um modelo de negócio bem estruturado, ela entendeu que poderia dar um passo maior e expandiu a empresa por meio de franquias. Elaine conta que percebeu uma demanda do mercado, pois recebia muitos pedidos para que a PopCorn Gourmet operasse em outras localidades.

“Eu mesma testei o meu negócio. Eu validei os números para depois para depois transformá-lo em franquia. A partir de uma lista grande de interessados, eu escolhi os 10 melhores para serem meus franqueados. A primeira franquia abriu em Ribeirão Preto (SP)”, relembra.

Atualmente, a PopCorn Gourmet continua com pontos em shoppings, com as cafeterias temáticas que harmonizam a bebida com pipocas, mas também tem os quiosques que vendem outros produtos, como milkshakes diferenciados. Além disso, a empresa também atua no varejo com produtos envazados que são comercializados em supermercados.

Para facilitar o entendimento desse processo de franquear o seu tornar-se um pequeno negócio em franquia, a especialista analista do Sebrae Nacional, Karen Sitta, elaborou algumas orientações. Veja abaixo:

1. O primeiro passo é fazer uma análise de franqueabilidade, que é um diagnóstico para avaliar se o seu negócio é franqueável, com a verificação dos aspectos estruturais da empresa e análise do quanto o seu modelo de negócio é replicável.

2. Registre a sua marca no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), medida imprescindível para a existência de uma franquia e que garante confiabilidade do seu negócio para atrair interessados.

3. Conheça a legislação que rege o sistema de franquias. A nova lei de franquias – 13.966/2019 – determina, por exemplo, que para se tornar uma franquia é preciso que o negócio tenha no mínimo um ano de operação.

4. Tenha um plano de negócio bem estruturado a partir da análise de viabilidade já realizada. É nessa fase que o empresário vai analisar o mercado, em qual estágio está a empresa com vistas ao crescimento. Recomenda-se que haja um suporte de um especialista ou consultor.

5. Organize bem o seu investimento financeiro. É preciso ter, no mínimo, um capital para investimento para se tornar um franqueador, porque não dá para esperar que o recurso financeiro saia da sua franquia.

6. Busque o apoio de um especialista jurídico para te ajudar na criação de contratos, da Circular de Oferta de Franquias (COF), o pré-contrato, entre outros documentos. Também é preciso construir os manuais da franquia, que orienta o franqueado a como utilizar a marca.

7. Saiba selecionar o seu franqueado, observando o perfil mais adequado para fazer uso da sua marca e fazer parte da sua rede de franquias.

Capacitação Orientação gratuita

O Sebrae e Associação Brasileira de Franchising (ABF) se uniram para fortalecer os pequenos negócios com potencial para atuar no sistema de franchising, seja como franqueador ou fraqueado ou potencial franqueador e potencial franqueado. Para isso, foi criada uma página exclusiva com informações, orientações e cursos gratuitos sobre o assunto. Clique aqui.

“Em parceria com a ABF, os empreendedores com interesse em se tornarem franqueadores serão são orientados a como melhorar a sua gestão, impulsionar os seus negócios e ampliar mercados”, explica Karen Sitta.

  • Franquias