5GbetAtualização
Compartilhe

Pequenos negócios atraem turistas com experiências personalizadas e estimulam economia regional

Sebrae apresentou cases do Espírito Santo e do Rio Grande do Sul que impulsionam o destino inteligente
PorDa Redação
5GbetAtualização
Compartilhe

No segundo dia do 19º Fórum Panrotas, nessa quarta-feira (22), o Sebrae apresentou o painel Destinos Inteligentes – casos focados no eixo experiências. Os cases em destaque foram a Fazenda Carnielli, de origem cafeeira, e que explora o potencial no agroturismo oferecendo visitas guiadas e a venda de produtos artesanais, e a Cervejaria Edelbrau, que abre sua fábrica para visitas com degustação de chopp conduzida pelo mascote Cuco, inspirado num pássaro típico alemão.

“Acreditamos que propiciar experiências é uma grande fonte de competitividade para pequenos negócios do setor de viagens e turismo”, afirmou Renata Agostini Vescovi, assessora da Diretoria-Técnica do Sebrae. Foi o que fez Leandro Carnielli, ao transformar a fazenda da família, em Venda Nova do Imigrante, na serra capixaba, em um roteiro turístico da região.

Leandro Carnielli apresentou a experiência da fazenda da família, em Venda Nova do Imigrante, na serra capixaba. Crédito: Fabio Eufrazio Gonçalves

“Na época, nem se ouvia falar de agroturismo”, conta. Hoje, 30 anos depois, período no qual contou com a orientação permanente do Sebrae, a Fazenda Carnielli recebe alto fluxo de turistas interessados em passar o dia sentindo o cheiro do café prestes a ser colhido no pé e observando a produção artesanal de queijos e derivados. “Sabemos, sobretudo, vender histórias”, destaca Leandro.

As opções de hotéis e pousadas ficam no entorno da fazenda, bem como diversos bares e restaurantes, o que motivou os pequenos empresários a formarem a Associação Montanhas Capixabas Conventions Visitors Bureau, aproveitando o potencial turístico e a infraestrutura da região para receber eventos rurais. “A consultoria do Sebrae foi determinante para o desenvolvimento da fazenda e deste, que é o único bureau rural do Brasil”, diz Carnielli.

O segundo case apresentado se vale do polo turístico de Gramado (RS) para divulgar as visitas à sua fábrica de cerveja artesanal, localizada em Nova Petrópolis, cidade que não tem o apelo turístico de sua vizinha, famosa pelas lojas de chocolate. Formado em hotelaria e com MBA em gestão empresarial, Fernando Maldaner buscou a consultoria do Sebrae para estruturar seu negócio, aberto em plena pandemia.

O empresário Fernando Maldaner está à frente da Cervejaria Edelbrau, no Rio Grande do Sul. Crédito: Fabio Eufrazio Gonçalves

-

“O Sebrae está conosco há oito anos e nos orientou a buscar profissionais especializados, inclusive uma especialista em turismo, para desenhar a nossa proposta. Foi um investimento alto, em um momento delicado da economia, mas a reabertura, a partir de 2021, trouxe um boom turístico para a região, gerando fluxo de turistas para Nova Petrópolis.”

Ao mostrar como os pequenos negócios agregam ao turismo no Brasil, o objetivo do Sebrae no Panrotas 2022 foi incentivar estruturas turísticas diferenciadas de alto impacto, capazes de posicionar o país no mercado nacional e internacional. “Conseguimos mostrar o nosso foco, que é estruturar as experiências turísticas, preparando os pequenos negócios para receber, saber qual a melhor plataforma para se vender e como fazer essas experiências chegarem ao mercado”, concluiu Germana Magalhães, analista de competitividade do Sebrae.

Confira abaixo algumas imagens e na galeria.

  • Agronegócio
  • Cases
  • Datas comemorativas
  • Dicas
  • Empreendedores
  • Empreendedorismo real
  • Exemplos
  • Grupos
  • Histórias
  • Inspiração
  • Lições
  • Modelos
  • Nichos
  • Oportunidades
  • Prática
  • Ramo
  • Segmentos
  • Setor
  • Superação
  • Trajetória