5GbetAtualização
Compartilhe

Produtora rural pernambucana é destaque entre as principais empreendedoras brasileiras

Agricultora é referência em região do Piauí e começou parceria com o Sebrae através do Projeto Agronordeste
PorRedação
5GbetAtualização
Compartilhe

Em 2005, a pernambucana Maria Francisca dos Santos, acompanhada do esposo e dos filhos, se mudou para Guadalupe, no Piauí, atrás de um sonho: adquirir um pedaço de terra para plantar e conseguir gerar a renda familiar a partir dali. Quase 20 anos depois a agricultora e empreendedora tem certeza de que o desejo foi alcançado, já que hoje ela é a dona da segunda posição do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, na categoria Produtora Rural.

O empreendimento de Maria Francisca consiste em cultivar frutas e produzir polpas. Adepta à agricultura irrigada, ela e a família iniciaram plantando maracujá e comercializando para empresas de toda região que processavam a polpa e revendiam. “Os resultados foram excelentes, conseguimos investir na compra de mais lotes de terras, a partir daí começamos a cultivar, também a banana e a acerola. Iniciamos a venda da banana para toda região e abrimos uma pequena fábrica de processamento de polpa de fruta.”, relembra, orgulhosa.

Atualmente, com oito colaboradores e cinco lotes de terras, a produção da polpa da fruta vem se destacando no mercado e é considerada a melhor da região, já que é um produto sem nenhum tipo de conservante. A parceria com o Sebrae iniciou por meio do Projeto Agronordeste. “Não teríamos conseguido superar os desafios iniciais da empresa sem a ajuda do Sebrae. Recebemos orientação prática sobre questões legais, questões tributárias e regulamentações governamentais. Além disso, através das capacitações adquirimos habilidades essenciais para manter o negócio funcionando”, conta.

Para o futuro, e motivada com o prêmio, o plano é continuar sonhando. “Nos próximos meses pretendemos adquirir uma câmara fria para armazenar a polpa de fruta e novos maquinários, captar novos clientes e nos tornarmos referência na produção de frutas e polpa de frutas no Piauí e região. Como empreendedora, busco alcançar meus objetivos e metas todos os dias. O prêmio representou o reconhecimento das milhares e milhares de mulheres do campo do pé no chão, de luta constante para sobreviver que são tão pouco lembradas. Mas o Sebrae com seus projetos de reconhecimento e de engajamento é uma vitrine para transformar vidas”, comenta.

Prêmio Sebrae Mulher de Negócios

Com objetivo de reconhecer, valorizar e dar visibilidade para negócios liderados por mulheres, o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios acontece desde 2004. Ao longo desses anos, a iniciativa já impactou mais de 80 mil empreendedoras. Em 2023, 4 mil mulheres que se inscreveram no prêmio, volume 37% maior do que no ano anterior. A grande final premiou nove mulheres em três categorias: Pequenos Negócios, Produtora Rural e Microempreendedora Individual (MEI).

  • Empreendedorismo Feminino
  • Prêmio Sebrae Mulher de Negócios