5GbetAtualização
Compartilhe

Rally dos Sertões deixa legado em Foz do Iguaçu

Empreendedores acreditam que a competição marcou a retomada dos grandes eventos na cidade
PorPor Camila Agner/ ASN Paraná
5GbetAtualização
Compartilhe

Em Foz do Iguaçu, a preparação para sediar o Rally dos Sertões, a maior competição de rali do mundo, começou muito antes da largada, realizada no último sábado (27). Desde junho, diversos empresários de setores como hotelaria, atendimento, gastronomia e serviços participaram de capacitações e palestras promovidas pelo Sebrae Paraná com o intuito de preparar os negócios para o evento. A intensa movimentação envolveu gestores e colaboradores de mais de 30 empresas locais que estiveram em evidência no Guia de Serviços Turísticos da Caravana Sebrae, elaborado especialmente para o período.

“O Rally dos Sertões trouxe uma grande estrutura para a cidade e serviu de palco para apresentar o local para um novo público. Toda a cadeia turística foi envolvida e o Sebrae esteve ao lado dos pequenos negócios durante o período prévio, e seguirá atuando para que as ações tenham continuidade e se tornem um legado para moradores de Foz do Iguaçu e turistas”, afirma a coordenadora estadual de turismo do Sebrae Paraná, Patricia Albanez.

Para o diretor de marketing do Grupo Loumar, Garon Piceli, eventos como esse movimentam a cidade e deixam reflexos positivos.

“Somos um ecossistema de desenvolvimento da cidade, estamos presentes em mais de 30 hotéis e temos parcerias com diversos atrativos turísticos. Acredito que vamos ganhar muito, posteriormente. As pessoas veem toda a divulgação que foi realizada, o que trouxe muitas atrações para a cidade”, comenta.

O grupo trabalha com roteiros em Foz do Iguaçu que englobam passeios, transportes, hospedagem e guias turísticos.

Rally mobilizou mais de 2 mil pessoas por dia, entre 23 e 27 de agosto, em Foz do Iguaçu. Crédito: Gabriela Gonçalves.

“A gente entende a importância dessa parceria com o Sebrae, notamos que a realização de ações voltadas à inovação e à capacitação, além das consultorias, incentivam o desenvolvimento dos negócios locais e mantêm a cidade preparada para atender turistas”, finaliza.

No setor de hotelaria, empresários que se prepararam para o Rally garantem que tudo poderá servir para outros eventos.

“O Rally marcou o retorno dos grandes eventos para a cidade. No hotel, utilizamos vários dos conhecimentos obtidos junto ao Sebrae para melhorar a experiência do hóspede e isso servirá para o período da competição, mas também para a empresa no geral, pois muitas dicas continuarão sendo aplicadas mesmo depois da largada”, explica o proprietário do Del Rey Quality Hotel, Jaime Mendes.

O empreendedor Thiago Barudi, proprietário do Café com Passagem, concorda. Ele está à frente da empresa há seis anos e, durante essa caminhada, fez com que a estrutura fosse completa: no local, além da cafeteria, funciona uma agência de viagens, um coworking e um “laboratório” que oferece aos clientes uma experiência imersiva de degustação de cafés.

“Começamos a nos preparar há dois meses. Participamos das capacitações do Sebrae e reunimos periodicamente toda a nossa equipe para treinar, ter ideias do que poderíamos oferecer de diferente e quais cafés poderíamos separar para que as pessoas pudessem degustar sem custo”, relembra.

Diante de todo esse movimento pré-evento, Barudi acredita que a empresa só tem a ganhar.

“A pandemia foi um problema que fez todo mundo mudar os seus planos e rumos e é visível que hoje, depois dessa grande crise, temos uma Foz do Iguaçu ainda melhor para os turistas aproveitarem. O Rally nos deu a chance de mostrar isso para o mundo”, enaltece.

Competição
Na edição comemorativa dos 30 anos do evento e no bicentenário da Independência do Brasil, 350 competidores vão percorrer, ao todo, 7.216 quilômetros, largando de Foz do Iguaçu até Salinópolis (PA). Segundo a organização, serão 4.811 quilômetros de trechos especiais, tornando a competição brasileira de 2022 a maior do mundo, superando o Rally Dakar.

A competição está dividida em 14 etapas, sendo que a largada foi no dia 27 de agosto, em Foz do Iguaçu (PR), no estacionamento do Parque Nacional do Iguaçu, e a chegada está prevista para o dia 10 de setembro em Salinópolis (PA). O único ponto de descanso será realizado em Palmas (TO), no dia 3 de setembro.

O evento conta com a participação de 1,5 mil pessoas nas caravanas; 120 voluntários; 184 veículos inscritos, de 55 equipes.

  • Rally dos Sertões