5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.comAcesse conteúdos jornalísticos, nos mais variados formatos, focados na informação como aliada das micro e pequenas empresasMon, 26 Feb 2024 14:11:00 +0000pt-BRhourly 1 https://wordpress.org/?v=6.4.35Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/sebrae-apresenta-atuacao-dos-agentes-de-roteiros-turisticos-pelo-pais-no-forum-panrotas-2024/Mon, 26 Feb 2024 12:00:33 +0000https://www.emedist.com/?p=20449A 21ª edição do Fórum Panrotas, que acontece nos dias 5 e 6 de março, em São Paulo, vai apresentar a atuação dos Agentes de Roteiros Turísticos (ART). A iniciativa do Sebrae tem contribuído para estimular o desenvolvimento de Destinos Turísticos Inteligentes (DTI) no Brasil ao longo dos últimos dois anos, com o fortalecimento da governança e ampliação da oferta turística nos estados.

Durante os dois dias do evento, o público vai ter a oportunidade de acompanhar painéis e debates sobre as principais tendências do Turismo, com a participação de lideranças do setor e profissionais internacionais reconhecidos. Além disso, vão conhecer novas rotas e produtos turísticos estruturados com o apoio da rede de ART do Sebrae.

Os Destinos Turísticos Inteligentes (DTI) são territórios turísticos sustentáveis e diferenciados que facilitam a interação e integração do turista com o destino, ofertando experiências memoráveis ao longo de toda a sua jornada. Até o momento, 200 agentes do Sebrae atuaram em 900 municípios de 20 estados do país, sendo responsáveis pela identificação e mapeamento de ofertas turísticas, realização de diagnósticos de maturidade em DTI, capacitação e consultorias específicas, bem como desenvolvimento de produtos diversos.

De acordo com a analista de Competitividade do Sebrae Nacional Germana Magalhães, o Turismo vive um momento de reinvenção, influenciado pelo novo perfil dos turistas, tanto nacionais quanto internacionais, que buscam viver experiências genuínas. Ela acrescenta que o próximo passo é encontrar canais de comercialização para cada um desses produtos turísticos prontos.

“Nosso país precisa diversificar a sua oferta turística, ou seja, ter mais produtos prontos para comercializar e dar a chance para que o turista conheça novos lugares, como também para que ele viva novas experiências, até mesmo em locais que ele já esteve”, ressalta.

A atuação dos Agentes de Roteiros Turísticos incentiva ainda o desenvolvimento de pequenos negócios fora da cadeia do setor, como o agronegócio, ao orientar pequenas produções agrícolas interessadas receber demandas turísticas.

Potência do turismo rural

Na Chapada Diamantina, no estado da Bahia, os ART apoiaram a integração de rotas especiais com foco na produção de café, frutas vermelhas, queijos, vinhos, entre outros. A Rota do Café inclui visitação a fazendas dos municípios de Mucugê, Ibicoara e Piatã, onde os turistas podem passear pelos cafezais, visitar laboratórios de técnicas de cultivo, desfrutar do aroma dos grãos, conhecendo desde a plantação até a degustação.

Já a Rota das Frutas Vermelhas inclui propriedades rurais dos municípios de Mucugê e Palmeiras, onde é possível conhecer a produção de morango, amora preta, framboesa e mirtilo. Por fim, a Rota Sensorial apresenta propriedades no município do Morro do Chapéu, com destaque para a produção de vinhos, queijos embutidos, óleos essenciais, produtos da agricultura orgânica e rosas do deserto, cactos e suculentas.

De acordo com o coordenador de Comércio e Serviços do Sebrae Bahia, Edicarlos Moreira, foram criados 12 novos produtos turísticos no estado ao longo de dois ciclos de trabalho. Entre eles, está a criação de um roteiro em Salvador que oferta produtos e serviços com foco em religiões de matriz africana.

Segundo ele, isso possibilita o desenvolvimento de todos os pequenos negócios do entorno, como bares, restaurantes, entre outros estabelecimentos, além de estimular o surgimento de mais emprego. “Antes da criação desse roteiro religioso voltado para a matriz africana, por exemplo, nós não tínhamos uma cadeia de fornecimento de _souvenirs _ ou preparação desses locais para a recepção dos turistas”, comenta.

Um convite às novas experiências

No estado do Rio de Janeiro, o turismo ganhou um olhar voltado para as vocações dos municípios, que foram estruturados em um pacote de 22 roteiros chamado “Experimente o Rio de Janeiro”, feito em parceria com a Secretaria de Estado de Turismo e outros parceiros institucionais. Como exemplos, destacam-se roteiros com sugestões de passeios, bares, restaurantes e hospedagens nos municípios de Petrópolis, Rio das Ostras, Sapucaia, Mangaratiba, Nova Friburgo, Cantagalo, São Pedro da Aldeia, entre outros.

A coordenadora estadual de Turismo do Sebrae Rio de Janeiro, Marisa Cardoso, conta que os roteiros criados consideram o conceito de “turismo lixo zero”, além de valorizarem a experiência dos viajantes. Ela explica que muitos produtos turísticos foram reformatados com melhorias e outros foram criados dentro dessa proposta. Todo material está disponível em português, inglês e espanhol.

“Cada um desses 22 roteiros tem um receptivo local e o Sebrae tem promovido encontros e rodadas de negócios com a participação de agências e operadoras de viagens.” complementa.

Saiba mais sobre o Fórum Panrotas 2024.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/estrategias-de-marketing-sao-capazes-de-aprimorar-relacionamento-com-cliente/Fri, 23 Feb 2024 13:01:59 +0000https://www.emedist.com/?p=20434A célebre frase “Não encontre clientes para os seus produtos. Encontre produtos para os seus clientes” é atribuída ao americano Seth Godin, considerado um dos principais nomes do marketing atual. Em poucas palavras, ele destaca a importância de entender e atender às necessidades, preferências e expectativas dos clientes como um diferencial competitivo para a sustentabilidade dos negócios.

Nesse contexto da Era do Cliente, antigas e eficazes táticas de marketing têm sido aprimoradas com o uso da tecnologia, tendo em vista que os canais de venda e o relacionamento com o cliente se digitalizaram. A panfletagem, por exemplo, utilizada como estratégia de divulgação se tornou mais eficaz com o uso do e-mail marketing direcionado, a partir da captação deleads por meio de ferramentas digitais.

De acordo com coordenador de Mercados e Transformação Digital do Sebrae, Ivan Tonet, o empreendedor deve ter em mente que o cliente precisa ser considerado como único, independente do canal que utiliza para acessar o negócio. Ele destaca ainda que é preciso considerar o uso da tecnologia como um aliado para potencializar o relacionamento e atendimento com o cliente, bem como um facilitador da gestão do negócio.

“É importante que o empreendedor faça uso da tecnologia em uma relação ganha-ganha com o cliente. Não faz sentido colocar o preço do produto diferente na loja virtual e na loja física, por exemplo. Pode acontecer do cliente ir à loja para conferir o produto e preferir comprar pela internet, o que traria mais ônus para o empreendedor com a logística de entrega”, explica.

Tonet acrescenta que o dono do pequeno negócio deve aproveitar o contato presencial para coletar dados do cliente da mesma forma que é feito em compras on-line. “Não dá para deixar o cliente sair da loja sem captar informações sobre ele, suas preferências e hábitos de compra. Isso traz benefícios em termos de reconhecimento e direcionamento do consumo, por meio da personalização da experiência do cliente”, complementa.

Em Campos dos Goytacazes (RJ), a Inspiradora Home é um exemplo de pequeno negócio que foca no cliente desde a sua criação. Antes de começar a vender peças e louças para composição de mesas postas, a empreendedora Elaine Emerick trabalhava com ambientação de eventos. A partir dofeedback dos clientes, interessados em comprar os produtos, ela enxergou uma nova oportunidade de negócio.

Durante a pandemia, ela investiu na realização de lives que foram um sucesso com vendas de 400 peças em uma única transmissão ao vivo. Com o crescimento da empresa, a empreendedora montou uma loja física e deixou osite como vitrine. Além disso, ampliou seu alcance no ambiente digital com a criação de um canal no Youtube, onde ensina os clientes a montarem a mesa para receber parentes e amigos em uma cozinha/cenário que ela construiu.

Para atrair a atenção dos clientes com exclusividade, Elaine também montou um “clube de louça”, que funciona como um grupo de compras coletivas, com descontos e sorteios. “É mais um mimo que damos para os nossos clientes”, conta.

Confira abaixo algumas dicas e orientações para potencializar as estratégias de marketing com foco no cliente:

  1. Faça pesquisas para entender às necessidades dos seus clientes
    Solicitefeedback regularmente por meio de pesquisas de satisfação e avaliações, inclusive on-line. Mostre que valoriza a opinião do cliente implementando melhorias com base nos comentários recebidos. Isso não só ajuda a identificar áreas de melhoria, mas também gera ideias para novos produtos ou serviços.
  2. Crie grupos de fidelidade com recompensas atraentes
    A forma de recompensar clientes frequentes, incentivando-os a realizar compras com maior recorrência, também foi aprimorada com uso de tecnologias digitais. O uso de aplicativos de fidelidades, cartões virtuais e criação de grupos de clientes exclusivos em aplicativos de mensagens são recursos muito utilizados para valorizar a experiência do cliente.
  3. Avalie a possibilidade do uso de influenciadores digitais para se comunicar com o seu público-alvo
    O chamado marketing de influência está a cada dia mais presente nas ações de marketing das empresas. Pesquisas apontam que os influenciadores digitais só perdem para os amigos e familiares no ranking do poder de tomada de decisão de compra de um produto ou serviço. Avalie a possibilidade de fazer parcerias com nano ou microinfluenciadores que podem oferecer um custo-benefício melhor para o seu pequeno negócio.

Esta matéria faz parte de uma série de reportagens da 5Gbet com foco no atendimento ao cliente.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/sebrae-pelo-brasil-visita-empreendimentos-turisticos-e-gastronomico-de-taquarucu/Thu, 22 Feb 2024 23:40:56 +0000https://www.emedist.com/?p=20427Em seu último dia de agenda no Tocantins, o presidente do Sebrae Nacional, Décio Lima, conheceu, nesta quinta-feira (22), na pousada Casa das Flores, em Taquaruçu, distrito de Palmas, pratos que fazem parte da Rota Gastronômica. Criada pelo Sebrae Tocantins, a rota inclui 23 municípios e já capacitou 257 empreendedores.

Na visita, que faz parte do projeto Sebrae Pelo Brasil, quatro pratos foram apresentados por meio de uma Vitrine Gastronômica aos convidados. Na vivência, os participantes degustaram casos de sucesso de Taquaruçu, entre eles, um prato feito à base de carne de jaca e um licor preparado com jabuticabas.

Pude presenciar, no Tocantins, o mundo real. A construção do Sebrae no estado vem modificando vidas. No município de Taquaruçu, pudemos ver o sonho de empreendedoras que, com determinação, conseguiram realizar um conjunto de protagonismo no turismo, que transformou a realidade local. O Sebrae no Tocantins realiza projetos que são verdadeiros exemplos para o Brasil, apoiando os pequenos negócios que realizam o próprio sustento.
Décio Lima, presidente do Sebrae.

O superintendente do Sebrae Tocantins, Rérison Antônio Castro, reafirmou a importância de o Sebrae Nacional conhecer os projetos e as experiências empreendedoras em Taquaruçu. Na oportunidade, ele também destacou que o Sebrae formatou o destino turístico do local, com atuação em vários contextos. “A partir da contratação especializada em governança, os empresários da região conheceram diversos destinos turísticos em missões nacionais e puderam aprimorar suas práticas empreendedoras com as inspirações tecnicamente trabalhadas com eles, fortalecendo o sentido de pertencimento local.”

O gestor pontuou ainda que em Taquaruçu o Sebrae está presente em diversos setores, desde a ambientação que enaltece o aspecto cultural, passando pelas delícias gastronômicas que recebem reconhecimento em um festival anual já consolidado, além do artesanato. “Com a consolidação de Unidades Produtivas constituídas por artesãos parceiros, foi criada, há oito anos, a loja Tudo Daqui. Então, nossa gestão tem se tornado cada vez mais forte, com capacitações em gestão e com a criação de catálogos nacionalmente veiculados, criando vários produtos inovadores e reinventando a arte local”, frisou.

Visita ao Pote de Ouro, espaço de arte e cultura no Tocantins. Foto: Rondinelli Ribeiro para a ASN/TO

Pote de Ouro

Como último destino da agenda em Palmas, Décio Lima visitou o ponto turístico Pote de Ouro. O local, uma antiga casa construída de adobe e barro cru que abrigou por muitos anos uma grande família, agora é um espaço de arte e cultura que leva o nome de uma lenda. A ideia do local é valorizar o artesanato regional, feito à base de barro, crochês e macramês. “O nosso principal destaque é a cerâmica primitiva e a violinha de buriti. Nosso objetivo é fortalecer o patrimônio cultural e natural do estado, além de fomentar e preservar a cultura popular. Hoje, especialmente, ficamos muito felizes porque foi o Sebrae que nos ajudou a construir tudo isso e ter a oportunidade de mostrar tudo isso para o projeto Pelo Brasil é, sem dúvidas, uma certeza de que o nosso negócio deu certo”, completou a proprietária do local, Daniella Aires Borges.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/em-tocantins-sebrae-pelo-brasil-mostra-resultados-do-empreendedorismo/Thu, 22 Feb 2024 12:40:49 +0000https://www.emedist.com/?p=20412O projeto Sebrae Pelo Brasil chegou ao Tocantins nessa quarta-feira (21). A iniciativa, protagonizada pelo presidente do Sebrae Nacional, Décio Lima, tem o objetivo de conhecer as potencialidades locais e discutir desafios e estratégias para o fomento ao empreendedorismo, geração de emprego e renda e diminuição das desigualdades sociais. O Tocantins é o 15º estado que recebe a ação.

Como parte das ações do gestor no estado, Décio Lima participou de um encontro com todos os colaboradores do Sebrae Tocantins. Na ocasião, ele destacou a potência do empreendedorismo para transformar os sonhos do povo brasileiro em negócios reais. “O resultado extraordinário produzido por essa equipe fantástica do Sebrae do Tocantins, pela sua direção, que construiu uma sinergia importante de aglutinação de valores humanistas e que realiza um trabalho que, com certeza, é paradigma para todo o Brasil”, disse.

Décio Lima, presidente do Sebrae Nacional. Foto: Rondinelli Ribeiro para o Sebrae/TO

Eu vou levar daqui tudo o que eu pude ver, que são produções que tocam a vida de pessoas, de homens e mulheres que realizam, no seu dia a dia, a possibilidade da sua renda. Na verdade, são aqueles que acordam de manhã e não desistem, e o Sebrae está ali, o Sebrae de Tocantins está ali, do lado dessas pessoas extraordinárias, para lhes dar condição de empreender, para poder garantir que eles possam crescer, fazer escala, gerar renda e produzir uma melhoria significativa na vida do povo de Tocantins.

Décio Lima, presidente do Sebrae Nacional.

Durante a cerimônia com os colaboradores, o superintendente do Sebrae Tocantins, Rérison Antônio Castro, destacou que a economia do estado foi a que mais cresceu em 2023, segundo dados do Banco do Brasil sobre as 27 unidades da federação. O produto interno bruto (PIB) do estado mais novo do país subiu 11,4%, com diminuição do índice de desemprego para 5,8% em 2023. Dos 13.338 novos empregos locais gerados no ano passado, 9.360, ou seja, 70,18%, são dos pequenos negócios. “O Sebrae tem um papel muito bonito ao empoderar e capacitar os empreendedores, seja por meio de consultorias, oficinas e palestras. Estamos aqui para apoiar esses empresários, para que eles cresçam e desenvolvam com a pegada do desenvolvimento social e econômico”, pontuou.

Rogério Ramos, diretor-técnico do Sebrae, mencionou a alegria de receber o presidente do Sebrae Nacional em uma instituição que preza pelo respeito e a sinergia entre os colaboradores, que todos os dias desempenham as ações juntos aos pequenos negócios. “O Sebrae tem o potencial muito grande de transformar. O Sebrae pelo Brasil é fantástico porque nosso país é repleto de diversidade. Assim, é importante que nosso líder maior tenha a percepção in loco para identificar as necessidades e acertos em cada um desses lugares”, enfatizou.

O diretor de Administração e Finanças do Sebrae Tocantins, Jarbas Meurer, destacou a importância dos pequenos negócios em um estado que ainda é jovem, mas com riquezas únicas para o desenvolvimento. “O Sebrae visualizou no turismo, na gastronomia e na cultura diversas formas de trabalhar junto aos empreendedores. Essas potencialidades são capazes de gerar emprego e renda para a população, tão rica em saberes e criatividade”, completou.

Nesta quinta-feira (22), a comitiva Pelo Brasil realizará uma visita ao Conselho Deliberativo do Sebrae (CDE) e ao Palácio Araguaia, em um encontro com o governador do estado, Wanderlei Barbosa. Em seguida, o projeto percorrerá o distrito de Taquaruçu, onde participará de uma Vitrine Gastronômica, com receitas tradicionais e também sustentáveis. Vivências locais do turismo local, possibilitarão ao presidente Décio Lima experiências emocionantes, ao conhecer vidas tocantinenses impactadas positivamente pelo empreendedorismo.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/dez-por-cento-dos-empregos-verdes-estao-no-brasil/Wed, 21 Feb 2024 19:27:34 +0000https://www.emedist.com/?p=20407As empresas com boas pontuações nos critérios ESG (do inglês, Environmental, Social and Governance)  podem potencialmente ter um melhor desempenho de longo prazo e reduzir riscos. Impactar a economia de forma sustentável com a criação dos empregos verdes é uma das tendências para quem empreende. Para orientar os pequenos negócios, o Sebrae Rio elaborou um guia gratuito com as principais ações para conectar a sustentabilidade à estratégia de quem empreende. Para acessar o conteúdo, acesse o link.

O setor de energia lidera a criação de empregos verdes no Brasil. Atualmente, o país conta com 10% dos empregos verdes no mundo, ocupando a 2ª colocação entre os maiores empregadores da indústria de biocombustíveis, solar, hidrelétrica e eólica, ficando atrás apenas da China. A expectativa é de que, até 2030, as energias renováveis criem 38,2 milhões de empregos em todo o mundo.

“O Rio de Janeiro tem um pioneirismo nacional em questões de debate e acolhimento de questões ambientais. A conscientização dos consumidores é cada vez maior na temática de sustentabilidade. O empreendedor precisa estar atento às novas oportunidades de negócios. O objetivo desse material é fomentar nos pequenos negócios soluções para implantação de boas práticas, de forma que não aumente os custos do empresariado. A nossa missão é fundamentar e embasar para que as medidas adotadas sejam as mais assertivas para os seus negócios”, explica Margareth Carvalho, gerente de Conhecimento e Competividade do Sebrae Rio.

Para qualificar a sua empresa na criação de empregos verdes e na ESG, o empreendedor precisa definir quais são os objetivos da empresa, adotar práticas voltadas à política organizacional, elaborar plano e orçamento destinado à prática, buscar certificações, além de monitorar e reportar o desempenho em relação às metas. É um desafio direcionado à gestão pública também, que pode direcionar sua atuação com foco em ações sustentáveis e de impacto social positivo para dentro das suas repartições.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.comAcesse conteúdos jornalísticos, nos mais variados formatos, focados na informação como aliada das micro e pequenas empresasFri, 23 Feb 2024 19:38:26 +0000pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=6.4.35Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/estrategias-de-marketing-sao-capazes-de-aprimorar-relacionamento-com-cliente/Fri, 23 Feb 2024 13:01:59 +0000https://www.emedist.com/?p=20434A célebre frase “Não encontre clientes para os seus produtos. Encontre produtos para os seus clientes” é atribuída ao americano Seth Godin, considerado um dos principais nomes do marketing atual. Em poucas palavras, ele destaca a importância de entender e atender às necessidades, preferências e expectativas dos clientes como um diferencial competitivo para a sustentabilidade dos negócios.

Nesse contexto da Era do Cliente, antigas e eficazes táticas de marketing têm sido aprimoradas com o uso da tecnologia, tendo em vista que os canais de venda e o relacionamento com o cliente se digitalizaram. A panfletagem, por exemplo, utilizada como estratégia de divulgação se tornou mais eficaz com o uso do e-mail marketing direcionado, a partir da captação deleads por meio de ferramentas digitais.

De acordo com coordenador de Mercados e Transformação Digital do Sebrae, Ivan Tonet, o empreendedor deve ter em mente que o cliente precisa ser considerado como único, independente do canal que utiliza para acessar o negócio. Ele destaca ainda que é preciso considerar o uso da tecnologia como um aliado para potencializar o relacionamento e atendimento com o cliente, bem como um facilitador da gestão do negócio.

“É importante que o empreendedor faça uso da tecnologia em uma relação ganha-ganha com o cliente. Não faz sentido colocar o preço do produto diferente na loja virtual e na loja física, por exemplo. Pode acontecer do cliente ir à loja para conferir o produto e preferir comprar pela internet, o que traria mais ônus para o empreendedor com a logística de entrega”, explica.

Tonet acrescenta que o dono do pequeno negócio deve aproveitar o contato presencial para coletar dados do cliente da mesma forma que é feito em compras on-line. “Não dá para deixar o cliente sair da loja sem captar informações sobre ele, suas preferências e hábitos de compra. Isso traz benefícios em termos de reconhecimento e direcionamento do consumo, por meio da personalização da experiência do cliente”, complementa.

Em Campos dos Goytacazes (RJ), a Inspiradora Home é um exemplo de pequeno negócio que foca no cliente desde a sua criação. Antes de começar a vender peças e louças para composição de mesas postas, a empreendedora Elaine Emerick trabalhava com ambientação de eventos. A partir dofeedback dos clientes, interessados em comprar os produtos, ela enxergou uma nova oportunidade de negócio.

Durante a pandemia, ela investiu na realização de lives que foram um sucesso com vendas de 400 peças em uma única transmissão ao vivo. Com o crescimento da empresa, a empreendedora montou uma loja física e deixou osite como vitrine. Além disso, ampliou seu alcance no ambiente digital com a criação de um canal no Youtube, onde ensina os clientes a montarem a mesa para receber parentes e amigos em uma cozinha/cenário que ela construiu.

Para atrair a atenção dos clientes com exclusividade, Elaine também montou um “clube de louça”, que funciona como um grupo de compras coletivas, com descontos e sorteios. “É mais um mimo que damos para os nossos clientes”, conta.

Confira abaixo algumas dicas e orientações para potencializar as estratégias de marketing com foco no cliente:

  1. Faça pesquisas para entender às necessidades dos seus clientes
    Solicitefeedback regularmente por meio de pesquisas de satisfação e avaliações, inclusive on-line. Mostre que valoriza a opinião do cliente implementando melhorias com base nos comentários recebidos. Isso não só ajuda a identificar áreas de melhoria, mas também gera ideias para novos produtos ou serviços.
  2. Crie grupos de fidelidade com recompensas atraentes
    A forma de recompensar clientes frequentes, incentivando-os a realizar compras com maior recorrência, também foi aprimorada com uso de tecnologias digitais. O uso de aplicativos de fidelidades, cartões virtuais e criação de grupos de clientes exclusivos em aplicativos de mensagens são recursos muito utilizados para valorizar a experiência do cliente.
  3. Avalie a possibilidade do uso de influenciadores digitais para se comunicar com o seu público-alvo
    O chamado marketing de influência está a cada dia mais presente nas ações de marketing das empresas. Pesquisas apontam que os influenciadores digitais só perdem para os amigos e familiares no ranking do poder de tomada de decisão de compra de um produto ou serviço. Avalie a possibilidade de fazer parcerias com nano ou microinfluenciadores que podem oferecer um custo-benefício melhor para o seu pequeno negócio.

Esta matéria faz parte de uma série de reportagens da 5Gbet com foco no atendimento ao cliente.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/em-tocantins-sebrae-pelo-brasil-mostra-resultados-do-empreendedorismo/Thu, 22 Feb 2024 12:40:49 +0000https://www.emedist.com/?p=20412O projeto Sebrae Pelo Brasil chegou ao Tocantins nessa quarta-feira (21). A iniciativa, protagonizada pelo presidente do Sebrae Nacional, Décio Lima, tem o objetivo de conhecer as potencialidades locais e discutir desafios e estratégias para o fomento ao empreendedorismo, geração de emprego e renda e diminuição das desigualdades sociais. O Tocantins é o 15º estado que recebe a ação.

Como parte das ações do gestor no estado, Décio Lima participou de um encontro com todos os colaboradores do Sebrae Tocantins. Na ocasião, ele destacou a potência do empreendedorismo para transformar os sonhos do povo brasileiro em negócios reais. “O resultado extraordinário produzido por essa equipe fantástica do Sebrae do Tocantins, pela sua direção, que construiu uma sinergia importante de aglutinação de valores humanistas e que realiza um trabalho que, com certeza, é paradigma para todo o Brasil”, disse.

Décio Lima, presidente do Sebrae Nacional. Foto: Rondinelli Ribeiro para o Sebrae/TO

Eu vou levar daqui tudo o que eu pude ver, que são produções que tocam a vida de pessoas, de homens e mulheres que realizam, no seu dia a dia, a possibilidade da sua renda. Na verdade, são aqueles que acordam de manhã e não desistem, e o Sebrae está ali, o Sebrae de Tocantins está ali, do lado dessas pessoas extraordinárias, para lhes dar condição de empreender, para poder garantir que eles possam crescer, fazer escala, gerar renda e produzir uma melhoria significativa na vida do povo de Tocantins.

Décio Lima, presidente do Sebrae Nacional.

Durante a cerimônia com os colaboradores, o superintendente do Sebrae Tocantins, Rérison Antônio Castro, destacou que a economia do estado foi a que mais cresceu em 2023, segundo dados do Banco do Brasil sobre as 27 unidades da federação. O produto interno bruto (PIB) do estado mais novo do país subiu 11,4%, com diminuição do índice de desemprego para 5,8% em 2023. Dos 13.338 novos empregos locais gerados no ano passado, 9.360, ou seja, 70,18%, são dos pequenos negócios. “O Sebrae tem um papel muito bonito ao empoderar e capacitar os empreendedores, seja por meio de consultorias, oficinas e palestras. Estamos aqui para apoiar esses empresários, para que eles cresçam e desenvolvam com a pegada do desenvolvimento social e econômico”, pontuou.

Rogério Ramos, diretor-técnico do Sebrae, mencionou a alegria de receber o presidente do Sebrae Nacional em uma instituição que preza pelo respeito e a sinergia entre os colaboradores, que todos os dias desempenham as ações juntos aos pequenos negócios. “O Sebrae tem o potencial muito grande de transformar. O Sebrae pelo Brasil é fantástico porque nosso país é repleto de diversidade. Assim, é importante que nosso líder maior tenha a percepção in loco para identificar as necessidades e acertos em cada um desses lugares”, enfatizou.

O diretor de Administração e Finanças do Sebrae Tocantins, Jarbas Meurer, destacou a importância dos pequenos negócios em um estado que ainda é jovem, mas com riquezas únicas para o desenvolvimento. “O Sebrae visualizou no turismo, na gastronomia e na cultura diversas formas de trabalhar junto aos empreendedores. Essas potencialidades são capazes de gerar emprego e renda para a população, tão rica em saberes e criatividade”, completou.

Nesta quinta-feira (22), a comitiva Pelo Brasil realizará uma visita ao Conselho Deliberativo do Sebrae (CDE) e ao Palácio Araguaia, em um encontro com o governador do estado, Wanderlei Barbosa. Em seguida, o projeto percorrerá o distrito de Taquaruçu, onde participará de uma Vitrine Gastronômica, com receitas tradicionais e também sustentáveis. Vivências locais do turismo local, possibilitarão ao presidente Décio Lima experiências emocionantes, ao conhecer vidas tocantinenses impactadas positivamente pelo empreendedorismo.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/dez-por-cento-dos-empregos-verdes-estao-no-brasil/Wed, 21 Feb 2024 19:27:34 +0000https://www.emedist.com/?p=20407As empresas com boas pontuações nos critérios ESG (do inglês, Environmental, Social and Governance)  podem potencialmente ter um melhor desempenho de longo prazo e reduzir riscos. Impactar a economia de forma sustentável com a criação dos empregos verdes é uma das tendências para quem empreende. Para orientar os pequenos negócios, o Sebrae Rio elaborou um guia gratuito com as principais ações para conectar a sustentabilidade à estratégia de quem empreende. Para acessar o conteúdo, acesse o link.

O setor de energia lidera a criação de empregos verdes no Brasil. Atualmente, o país conta com 10% dos empregos verdes no mundo, ocupando a 2ª colocação entre os maiores empregadores da indústria de biocombustíveis, solar, hidrelétrica e eólica, ficando atrás apenas da China. A expectativa é de que, até 2030, as energias renováveis criem 38,2 milhões de empregos em todo o mundo.

“O Rio de Janeiro tem um pioneirismo nacional em questões de debate e acolhimento de questões ambientais. A conscientização dos consumidores é cada vez maior na temática de sustentabilidade. O empreendedor precisa estar atento às novas oportunidades de negócios. O objetivo desse material é fomentar nos pequenos negócios soluções para implantação de boas práticas, de forma que não aumente os custos do empresariado. A nossa missão é fundamentar e embasar para que as medidas adotadas sejam as mais assertivas para os seus negócios”, explica Margareth Carvalho, gerente de Conhecimento e Competividade do Sebrae Rio.

Para qualificar a sua empresa na criação de empregos verdes e na ESG, o empreendedor precisa definir quais são os objetivos da empresa, adotar práticas voltadas à política organizacional, elaborar plano e orçamento destinado à prática, buscar certificações, além de monitorar e reportar o desempenho em relação às metas. É um desafio direcionado à gestão pública também, que pode direcionar sua atuação com foco em ações sustentáveis e de impacto social positivo para dentro das suas repartições.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/folia-que-gera-renda-carnaval-movimenta-economia-de-pernambuco-bahia-e-rio-de-janeiro/Wed, 21 Feb 2024 12:24:33 +0000https://www.emedist.com/?p=20395Foram apenas alguns dias de folia intensa, mas que movimentaram a economia de todo o país. O Carnaval deixou saudade não somente nos foliões, mas nos pequenos negócios que foram beneficiados com o aumento das vendas durante o período da festa. Segundo dados do governo federal, em três dos principais estados que promovem grandes atrações no feriado tipicamente brasileiro, o aumento do fluxo de pessoas resultou em um grande volume de negócios.

Em Recife, capital pernambucana, o Carnaval reuniu perto de 3,5 milhões de foliões, que gastaram R$ 2,5 bilhões na cidade. A Bahia também recebeu volume semelhante de visitantes – 3 milhões, que se dividiram entre Salvador e quase 90 cidades do interior. Já no Rio de Janeiro, 7 milhões de pessoas se dividiram entre bloquinhos e os desfiles das escolas de samba, rendendo R$ 5 bilhões em renda para a cidade.

O presidente do Sebrae, Décio Lima, ressalta que o Carnaval é uma data importante para os pequenos negócios que, além de comemorar a alta nas vendas, também emprega e gera oportunidades, consequentemente, contribui para a geração de renda das famílias.

O Carnaval é economia, é geração de resultados. Os pequenos negócios são essenciais nesse período, pois são aqueles que produzem todos os serviços para que a festa seja completa. Um período rico de geração de renda. Para os pequenos negócios, o período é sinônimo de oportunidades.

Décio Lima, presidente do Sebrae Nacional.

“Por isso a parceria do Sebrae com a Embratur é estratégica para que possamos projetar a imagem do Brasil no país e no mundo, valorizando a cultura brasileira”, complementa o dirigente do Sebrae. De acordo com dados do Banco Central divulgados pela Embratur, o valor arrecadado com o turismo internacional em 2023 é 1,5% superior ao registrado em 2014, ano da Copa do Mundo, quando os visitantes estrangeiros deixaram no país um montante de US$ 6,8 bilhões.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/sebrae-e-ministerio-das-mulheres-firmam-parceria-para-ampliar-empreendedorismo-feminino/Tue, 20 Feb 2024 23:40:52 +0000https://www.emedist.com/?p=20392Em reunião nesta terça (20), a Ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, e o presidente do Sebrae, Décio Lima, definiram que as políticas públicas pela igualdade e pelo enfrentamento da misoginia terão como aliados os programas Cidade Empreendedora e o Plural, nova iniciativa do Sebrae que tem como objetivo transformar o empreendedorismo em um mecanismo de transformação social e ampliar os negócios liderados por pessoas consideradas minorias na sociedade.

Segundo a ministra, o maior desafio hoje para executar as ações de políticas públicas para as mulheres está no alcance do público-alvo, “hoje temos menos de 300 instituições destinadas a efetivar as medidas do governo federal direcionadas a este público. Precisamos do apoio do Sebrae no processo de disseminação das ações do Ministério para que tenhamos a participação dos municípios brasileiros”, afirmou Cida Gonçalves.

O Programa Cidade Empreendedora chega hoje a 3 mil municípios. Para o presidente Décio Lima, o Sebrae será estratégico para disseminar os projetos e ações do Ministério. “Estamos falando em igualdades de oportunidades, diversidade e inclusão. O Sebrae, como sexta marca mais forte do país, precisa atuar junto aos grandes desafios que o Brasil enfrenta. Avançar no enfrentamento da misoginia é um tema que necessita do compromisso da nossa instituição”, afirmou.

A ministra Cida Gonçalves lembrou ainda que no âmbito das políticas públicas, pelo menos dois eixos precisam ser atacados. O primeiro deles diz respeito à efetivação de medidas que permitam a inclusão das mulheres, que hoje se encontram na vulnerabilidade e o segundo está associado à igualdade salarial. “O empreendedorismo já vem sendo um forte aliado para muitas mulheres que recebem o bolsa família e que trabalham vendendo bolos ou marmitas para ampliar a renda”, lembrou.

A coordenadora do Sebrae Delas, Renata Malheiros, presente à reunião explicou que o programa do Sebrae chega a atender 100 mil mulheres por ano e que as ações vão além das capacitações, pois levam autoconfiança e orientações de como lidar com preconceitos. “O Sebrae Delas entende que a liberdade feminina pode ser alcançada por meio da autonomia financeira”, afirmou Malheiros.

O presidente Décio Lima destacou que o Sebrae terá o mês de março dedicado ao empreendedorismo feminino com um calendário repleto de atividades. Entre as atividades previstas estão uma campanha publicitária na temática do empreendedorismo feminino; o lançamento do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, que ano passado contou com 4 mil inscrições; uma cartilha sobre violência contra a mulher e o lançamento do Mulheres em Foco, curso desenvolvido pelo Sebrae, direcionado às mulheres que empreendem ou planejam empreender.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/pequenos-negocios-liderados-por-mulheres-podem-receber-mentoria-sobre-exportacao/Tue, 20 Feb 2024 12:38:55 +0000https://www.emedist.com/?p=20369Empresas lideradas por mulheres interessadas em vender seus produtos para outros países têm até esta sexta-feira (23) para se inscrever no Programa Elas Exportam, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) e da ApexBrasil, que tem a parceria do Sebrae. A iniciativa oferece mentorias que buscam aumentar a participação delas no comércio exterior. O edital é voltado para os setores de higiene pessoal, perfumaria, cosméticos, vestuário e têxtil. De acordo com dados da Pasta, em 2023, apenas 14% das empresas exportadoras brasileiras tinham preponderância feminina em seus quadros societários.

Inscreva-seaqui.

No total, 30 empresas serão selecionadas. Para participar é necessário ser proprietária, fundadora ou ocupar cargo de liderança em empresa que tenha produto ou serviço com potencial de exportação; e ter Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) ativo. Os encontros das participantes ocorrerão ao longo do primeiro semestre de 2024.

A ação pretende auxiliar no desenvolvimento de competências e habilidades técnicas e socioemocionais necessárias à atividade exportadora com palestras, workshops e a formação de duplas de mentoras que já passaram pelo processo de exportação e que desejam compartilhar a experiência. A seleção também será feita por meio do mesmo edital (clique aqui).

“Exportar, muitas vezes, é um mistério para o empreendedor, que não sabe como começar, acha que tudo vai ser muito difícil. Então, ter ali ao lado dessas empreendedoras uma mentora que já passou por isso é uma forma ajudá-las a encontrar o caminho. É um processo no qual a mentora e a mentorada se fortalecem”, comentou a coordenadora de Competitividade do Sebrae Nacional, Roberta Aviz. Somente em 2023, o Sebrae atendeu 6,5 mil empresas com soluções para estímulo à internacionalização.

A secretária de Comércio Exterior do MDIC, Tatiana Prazeres, destaca o compromisso do governo federal com a promoção da equidade de gênero e as expectativas com a nova edição do Elas Exportam. “Diante do diagnóstico que revelou a baixa participação das mulheres no comércio exterior, assumimos a responsabilidade de criar políticas públicas para reverter esse cenário. A primeira edição do Elas Exportam nos mostrou a alta demanda por iniciativas concretas nessa área. Estamos entusiasmados com a evolução do programa, agora com um foco setorial, e esperamos que o Elas Exportam contribua para incluir cada vez mais mulheres no comércio exterior”, afirmou.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/ultima-chamada-edital-do-sebrae-seleciona-ate-dia-21-projetos-de-eventos-que-promovam-o-empreendedorismo/Mon, 19 Feb 2024 20:49:08 +0000https://www.emedist.com/?p=20361Termina nesta quarta-feira (21), às 15h, o prazo para que empresas, associações e projetos que promovam a cultura do empreendedorismo solicitem patrocínio ao Sebrae. Para participar, é necessário que iniciativa seja realizada entre abril e dezembro deste ano e faça conexão entre os pequenos negócios e ações de sustentabilidade, inovação, inclusão e competitividade.

“O Sebrae lançou este edital para patrocinar e agregar a sua marca a projetos que envolvam os pequenos negócios. Estamos dando transparência ao processo de apoio a patrocínios e, ao mesmo tempo, permitindo ampliar eventos que disseminem conceitos voltados à inclusão, à sustentabilidade e à inovação por meio do empreendedorismo. Este é o nosso papel”, comenta o presidente do Sebrae, Décio Lima.

Feiras, exposições, mostra de produtos, congressos, conferências, fóruns, seminários, workshops e rodadas de negócios são alguns dos tipos de projetos que podem se inscrever. Os eventos podem ser em formato presencial, híbrido ou virtual e devem ter pelo menos mais um patrocínio. A divulgação das iniciativas selecionadas ocorrerá em 29 de março.

Na inscrição, os projetos devem apresentar proposta de contrapartidas que promovam visibilidade de marca e institucional para o Sebrae (exposição da marca do Sebrae nas redes sociais e site do projeto, oferta de estande, espaço para palestras etc.). Para avaliação, o Sebrae levará em conta o número de participantes, público, abrangência territorial, relevância institucional, aderência técnica, contrapartidas e avaliação anterior.

O edital e lista de documentos necessários para se inscrever estão disponíveis aqui. Finalizada a realização do evento será necessário apresentar uma prestação de contas, que será disponibilizada no Portal da Transparência do Sebrae.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/valorizar-experiencia-do-cliente-contribui-para-o-sucesso-de-pequenos-negocios/Fri, 16 Feb 2024 12:00:49 +0000https://www.emedist.com/?p=20340Oferecer boas experiências para o cliente ao longo da jornada de compra tornou-se um dos grandes desafios para quem empreende, seja no presencial ou digital. Em um mercado cada vez mais dinâmico e competitivo, é preciso ir além de vender um produto ou serviço de qualidade para garantir a sustentabilidade da empresa. Os negócios que conseguem colocar o cliente como centro da estratégia do empreendimento, desde o momento do primeiro contato com a empresa até o pós-venda, têm conseguido alcançar melhores resultados.

O gerente de Atendimento e Relacionamento com o Cliente do Sebrae Nacional, Enio Pinto, reforça que o cliente é a razão de ser de qualquer negócio. Ele explica que quem decide empreender deve ter em mente que as empresas existem para resolver os problemas dos seus clientes e que para obter lucros maiores é preciso valorizar a experiência o tempo todo.

O atendimento é uma coisa pontual. O relacionamento é uma coisa continuada. Eu costumo dizer que atendimento é uma foto e relacionamento é um filme. O empresário não costuma resolver o problema do cliente em um único atendimento. Em uma sequência de atendimentos, ele resolve, ao mesmo tempo que oferece uma experiência transformadora.

Enio Pinto, gerente de Atendimento e Relacionamento com o Cliente do Sebrae Nacional.

Consumidor brasileiro é exigente

De acordo com a CX Trends 2023, pesquisa conduzida pela Zendesk – líder global no setor desoftwares de atendimento ao cliente, o consumidor brasileiro revelou-se mais exigente que a média mundial. Enquanto, em média, 70% dos entrevistados responderam que gastam com empresas que oferecem uma experiência perfeita, esse percentual alcançou 85% entre os brasileiros. Por outro lado, 52% dos ouvidos pelo estudo afirmaram que uma única experiência ruim é motivo para trocar um negócio pela sua concorrência. No Brasil, esse índice chega a 76%.

O especialista do Sebrae acrescenta que é preciso entender as necessidades do cliente que atualmente espera muito mais do que o benefício do produto ou serviço. “O cliente paga preço, mas quer receber valor por meio de uma experiência memorável que varia de negócio para negócio. É na interação com o cliente que o empresário vai conseguir identificar o que agrega valor ao seu negócio e encanta o seu cliente”, argumenta.

Atenção especial

Na Escola Trilha Educação Especial, localizada na zona norte da capital paulista, a implementação de um Serviço de SAC – Serviço de Atendimento ao Consumidor – foi pensada para contribuir com a satisfação e na fidelização dos clientes. A empreendedora Sylvia Aragão, dona do estabelecimento, explica que a funcionária do SAC presta um atendimento personalizado desde o primeiro contato, passando pela efetivação da matrícula e orientações antes das aulas começarem.

A iniciativa tem apresentado resultados positivos para a escola. De 2023 para 2024, 98% dos alunos foram matriculados e, em um ano, o pequeno empreendimento apresentou um crescimento de 20%.

“A funcionária do SAC faz um pós-atendimento para verificar se há mais alguma dúvida e acompanha todo o processo da matrícula. Antes do início das aulas, ela também manda uma carteirinha com todas as orientações que os pais ou responsáveis precisam saber. Depois de uma semana de aula, entra em contato novamente para saber se está tudo bem”, conta.

Como valorizar a experiência do seu cliente?

Confira abaixo as dicas preparadas pelo especialista do Sebrae Nacional Enio Pinto:

  • Tenha empatia plena com seu cliente
    Busque ter uma visão 360º do seu cliente. Quanto mais você o conhece e interage com ele, mais vai conseguir surpreendê-lo e entregar o valor que ele deseja. Toda vez que seu cliente estiver na loja, aproveite para pedir umfeedback. Faça a pergunta fatal: se você pudesse indicar apenas um ponto de melhoria no meu negócio, qual seria? Se você conseguir implementar boa parte das sugestões, com certeza terá retorno positivo.
  • Saiba delegar tarefas para sobrar tempo para interagir com seu cliente
    Delegue ao máximo as tarefas operacionais do seu negócio e concentre-se no que é estratégico. Reserve tempo para pensar em como melhorar seu relacionamento com o cliente, seja visitando o seu concorrente como cliente oculto para identificar o que pode melhorar, seja se aproximando mais do seu fornecedor, que pode te trazer insights sobre novidades e tendências do mercado.
  • Seja lembrado como referência no seu setor
    Produza e compartilhe conteúdo relevante, educativo e interessante para seu público-alvo. Use blogs, vídeos e outros formatos de conteúdo para fortalecer sua posição como uma autoridade no setor.
  • Faça parcerias estratégicas
    Para ampliar o alcance do seu negócio, procure estabelecer parcerias com outras empresas da sua região. Essa é uma maneira de oferecer benefícios exclusivos para os seus clientes e estimulá-los na fidelização e compras recorrentes.

A partir de hoje, a 5Gbet está publicando uma série de reportagens com foco no atendimento ao cliente.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/ultimos-dias-para-se-inscrever-no-premio-educador-transformador/Thu, 15 Feb 2024 14:24:17 +0000https://www.emedist.com/?p=20321Termina na próxima segunda-feira (19) o prazo para as inscrições no Prêmio Educador Transformador. O concurso promovido pelo Sebrae, Bett Brasil e Instituto Significare está na segunda edição e tem o objetivo de identificar, valorizar e divulgar projetos educacionais inovadores e transformadores focados na educação empreendedora e implementados por professores de todo o Brasil.

Para participar é necessário que os projetos tenham sido realizados entre 2021 e 2023 e estejam vinculados a instituições de ensino. As ações podem ter ocorrido em diversos formatos (atividades, estudos, jogos, metodologias, cursos, tecnologias, desafios, apresentações, competições, serviços ou produtos). Os candidatos podem inscrever um ou mais projetos nas sete categorias do prêmio: Educação Infantil; Ensino Fundamental – Anos Iniciais (1º ao 5º ano); Ensino Fundamental – Anos Finais (6º ao 9º ano); Ensino Médio; Educação Profissional; Educação Superior; e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Inscreva-se:https://www.

Nesta edição, a competição inclui etapas estaduais, regionais e uma nacional. O anúncio dos vencedores na etapa final está previsto para o fim de abril, durante a Bett Brasil, em São Paulo (SP). O primeiro colocado em cada uma das sete categorias receberá troféu, pacote de participação em missão nacional para um evento de educação e um notebook.

Confira o cronograma previsto:

19/02/2024 – Encerramento das inscrições.
25/03/2024 – Divulgação dos vencedores estaduais.
05/04/2024 – Divulgação dos vencedores regionais.
25/04/2024 – Divulgação do ganhador, na Bett Brasil.

Educação empreendedora no Sebrae

Criado em 2013 pelo Sebrae, o Programa de Educação Empreendedora é conhecido atualmente como Programa Educação Que Transforma. A iniciativa já alcançou 97% dos municípios brasileiros, com 13,5 milhões de atendimentos a alunos e mais de 1 milhão de professores assistidos, com ações que oferecem formação e capacitação com ferramentas e metodologias pedagógicas específicas. Depois da aprovação da Nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a Educação Empreendedora ganhou força na educação formal brasileira, uma vez que o desenvolvimento de competências empreendedoras está alinhado às novas diretrizes da Educação no país, sendo conteúdo transversal no documento.

]]>
5Gbet - Cultura Empreendedora – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/empreendedores-das-rotas-gastronomicas-do-tocantins-apostam-em-vendas-de-pratos-tipicos-no-carnaval/Tue, 13 Feb 2024 12:00:55 +0000https://www.emedist.com/?p=20315No Carnaval, uma das tradições mais deliciosas que se destacam entre os foliões não está apenas nas ruas repletas de cores e música, mas também na culinária, onde sabores e aromas se misturam à alegria da maior festa popular do país. Pensando nessa vertente, empreendedores das rotas gastronômicas do Tocantins se preparam para receber o público com comidas afetivas que retratam toda a regionalidade e ancestralidade do estado.

E com o propósito de fomentar e promover o turismo gastronômico também em datas estratégicas, o Sebrae lançou em 23 municípios as rotas gastronômicas. A iniciativa, que pretende movimentar os cinco dias de Carnaval, oferece opções com sabores autênticos das regiões, como o tradicional chambari, peixes, amor perfeito, caldos e outros pratos do estado.

Nádia Ruth Costa Cabral, 25 anos, proprietária de um dos estabelecimentos presentes na rota gastronômica no Bico do Papagaio, extremo norte do Tocantins, relata que o menu degustação de seu bistrô oferece desde entradas, pratos quentes, drinks e sobremesas. No entanto, segundo ela, o carro-chefe do estabelecimento é o chambari assado ao vinho tinto, um preparo de aproximadamente cinco horas ao forno e depois servido com purê de batatas. “Estamos com ótimas expectativas para agradar aos foliões neste Cearnaval e aumentar o movimento da casa. E esse prato, claro, é uma ótima pedida para os dias de folia, porque o chambari cura qualquer ressaca”, brinca a empreendedora.

Também otimista com o período, Vilma Martins Costa, 44 anos, dona de um restaurante em Natividade, sudeste do estado, explica que seu estabelecimento oferece opções para os turistas que aproveitam o feriado para visitar as Serras Gerais. “Aqui temos drinks, hamburgueres artesanais, pizzas, panelinhas e pratos mais refinados como angus ao molho de gorgonzola, que é uma ótima pedida para um jantar depois de um passeio nas cachoeiras”, sugere.

Walbênia Lemos, coordenadora estadual de Turismo e Serviços do Sebrae, comenta que os 257 estabelecimentos que fazem parte do circuito das rotas gastronômicas criam um diferencial competitivo que atraem os foliões e turistas de forma geral, além de incentivá-los a explorar a diversidade cultural e histórica local por meio da gastronomia. “No Carnaval, os empreendedores podem oferecer pacotes combinados, descontos especiais e eventos temáticos à época, agregando valor à experiência do visitante. Esse momento fortalece a comunidade empresarial, atrai os foliões e possibilita o compartilhamento de conhecimento e boas práticas do nosso povo. Além disso, oferecem uma plataforma para os chefs e empreendedores locais destacarem seus talentos e produtos, aumentando sua visibilidade e alcance entre os visitantes do Carnaval”, pontua.

O diretor-técnico do Sebrae, Rogério Ramos, destaca que do ponto de vista econômico, as rotas gastronômicas no Carnaval representam uma oportunidade significativa para os negócios locais, desde pequenos restaurantes familiares até vendedores de comida de rua. “A nossa gastronomia torna o Tocantins um lugar peculiar, que além das belezas naturais e diversificadas, também oferece pratos típicos que retratam a diversidade cultural de um povo. Então, essa iniciativa durante esses dias de folia emergiu como uma parte vital da celebração, oferecendo uma experiência culinária diversificada que complementa perfeitamente a festividade no Estado”, finaliza.

Para acessar todos os pratos da rota, basta clicar aqui.

Serviço:
5Gbet do Tocantins – ASN/TO
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Whatsapp do Sebrae: (63) 9 9971-2198
Assessoria de Imprensa: (63) 9 9968-4366
www.to.emedist.com
www.sebrae.com.br/tocantins
Facebook: @sebraetocantins
Instagram e Twitter: @sebraeto

]]>
5Gbet Mapa do site