5Gbet - Guia de Tendências – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.comAcesse conteúdos jornalísticos, nos mais variados formatos, focados na informação como aliada das micro e pequenas empresasMon, 06 Nov 2023 21:57:28 +0000pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=6.4.35Gbet - Guia de Tendências – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/sebrae-pr-lanca-guia-de-tendencias-com-recorte-especifico-para-a-construcao-civil/Mon, 06 Nov 2023 21:57:28 +0000https://www.emedist.com/?p=18113O Sebrae/PR lançou uma edição do Guia de Tendências para quem empreende na construção civil. O conteúdo oferece uma visão atualizada sobre as mudanças no consumo e no estilo de vida de clientes, bem como estratégias para preparar pequenos negócios para o futuro. Com dados atuais e nove tendências específicas para o setor, o estudo apresenta inovações e perspectivas de mercado.

Segundo Mauricio Reck, consultor do Sebrae/PR, o material foi desenvolvido para fornecer informações e apresentar as tendências e seu impacto no consumo. Além disso, o Guia de Tendências apresenta exemplos de empresas que as aplicam na prática.

“Uma das macrotendências  que observamos no Guia do setor: a sustentabilidade, que vem sendo implementada largamente na construção civil em todo o país e deve permanecer acelerada pelos próximos dois a três anos”, avalia.

A Pesquisa Anual da Indústria da Construção (Paic) 2021 revela que a indústria da construção civil está entre as maiores geradoras de empregos do Brasil: 147,4 mil empresas em atividade empregaram 2,2 milhões de pessoas, proporcionando um total de R$ 67,2 bilhões em salários, retiradas e outras formas de remuneração. Além disso, o setor da construção civil contribuiu com a geração de R$ 377,8 bilhões em incorporações, obras e serviços.

Além disso, de acordo com o Paic 2021, a Região Sul registrou o maior aumento de representatividade no número de pessoas empregadas e no valor das incorporações, obras e serviços da construção, com ganhos de 3,5 % e 5,1 %, respectivamente, entre 2012 e 2021. Com isso, o Sul se tornou a segunda maior região em termos de valor gerado na construção, ultrapassando a Região Nordeste.

Principais tendências

Entre as tendências apresentadas pelo Guia para a construção civil focadas nas demandas dos clientes dessa indústria são apontados aspectos como a busca por um refúgio para “mente sã e corpo são”, dentro da noção de casa e lar; formatos de pagamento, como se aluga ou compra uma casa, além dos modelos e conveniências de assinaturas, que vão além do aluguel; e sustentabilidade, inteligência artificial, automatização e novas tecnologias.

Também são abordados no Guia aspectos sobre os trabalhadores do setor, trabalho colaborativo,softwares para trabalhar de forma integrada, incluindo arquitetos e outros profissionais que participam de uma obra, além dos trabalhadores dos canteiros. Por fim, sobre o movimento global de ESG (sigla em inglês para governança ambiental e social), o consultor do Sebrae/PR analisa que existe uma união de tendências complementares atuando juntas.

“A sustentabilidade sempre foi uma tendência de baixo para cima, em que a população muda o comportamento, passa a consumir algo que gere menos impacto para si mesma, para o próximo ou para o planeta. Só que, agora, grandes empresas de todos os setores estão com o tema na ponta da língua, fazendo com que se acelere muito nos próximos anos”, diz Reck.

Casatest-drive

Assim como fazemos um test-drive para experimentar um novo modelo de carro, é possível experimentar ambientes domésticos antes de precisar investir na sua casa. Para incentivar experimentações e evitar arrependimentos, a empresa Área 46, de Cascavel (PR), uniu empresas de arquitetura, engenharia, moda e gastronomia para criar um ambiente interativo, oferecendo a vivência dos ambientes antes de comprar seu imobiliário, visando escolhas assertivas. Os ambientes possuem alguns itens de construção vindos dos fornecedores filiados, como pisos drenantes, portas, fiação e bancadas, por exemplo.

“A Área 46 é vista como um shopping da construção civil, onde contamos com 43 empresas para atender o consumidor do início ao fim da obra, com um sistema de bonificação por meio de cashback, onde cada compra gera um saldo para comprar novamente no espaço. Além disso, buscamos investir em novos formatos de consumo na fidelização dos clientes, compras com benefícios, para levar praticidade e valorizar o cliente”, detalha Micheli Mayer, engenheira civil e gerente da Área 46.

]]>
5Gbet - Guia de Tendências – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.com/cultura-empreendedora/sebrae-pr-lanca-guia-especial-com-tendencias-para-o-setor-de-bem-estar/Thu, 06 Jul 2023 19:39:39 +0000https://www.emedist.com/?p=14800O Sebrae/PR preparou uma edição especial do Guia de Tendências para os empreendedores do segmento de bem-estar. O conteúdo oferece uma visão atualizada sobre as mudanças no consumo e no estilo de vida dos clientes, bem como estratégias para tornar seus negócios mais preparados para o futuro. Com dados atuais e dez tendências específicas para o setor, esse estudo apresenta inovações e perspectivas de mercado.

Segundo Mauricio Reck, consultor do Sebrae/PR, o material foi desenvolvido com o propósito de fornecer informações e de explicar o funcionamento das tendências e seu impacto no consumo. Além disso, o Guia de Tendências apresenta exemplos de empresas que as aplicam na prática.

“O mercado do bem-estar é enorme e em constante crescimento em todo o mundo e sua importância ficou ainda mais evidente no pós-Covid. Por isso, abordamos neste material setores como beleza, saúde e outros que crescem em todo o mundo. Também destacamos as principais forças macroeconômicas e tendências nesses setores, e como o desenvolvimento sustentável é uma das principais direções futuras nesse contexto”, observa Reck.

É possível conferir também no material o “Data Guia: Bem-Estar”, onde os usuários terão acesso a um conteúdo abrangente do mercado, incluindo gráficos e dados que mostram como o setor de bem-estar se transformou perante as mudanças nos comportamento de consumo e como isso afetou a vida das pessoas do mundo todo. O material mostra ainda que, mesmo diante dos desafios impostos pela pandemia, fica evidente que as pessoas estão mais conscientes da importância de cuidar de si mesmas.

Dentre os dados apresentados, destaca-se um estudo da McKinsey (2021) que revelou que 79% dos entrevistados reconhecem a importância do bem-estar, sendo que 42% o consideram uma das principais prioridades. Além disso, o mercado global de bem-estar ultrapassa a marca de US$ 1,5 trilhão e continua a apresentar um crescimento anual estimado entre 5% e 10%, principalmente no que se refere a serviços e a produtos ligados aos setores fitness, saúde, nutrição, aparência, sono e mindfulness (termo que pode ser traduzido como “atenção plena”).

Odete Barros, proprietária do Salão Perfect de Toledo e gestora do projeto social Libélula. Crédito: arquivo pessoal.

Crescendo e compartilhando

No mundo do empreendedorismo de bem-estar, histórias inspiradoras de indivíduos que superam obstáculos e alcançam o sucesso são uma fonte de motivação e exemplo. Um desses casos é o de Odete Barro, proprietária do Salão Perfect de Toledo, no oeste do Estado, uma empreendedora que encontrou no mundo da beleza sua vocação e sucesso profissional.

Ela conta que, quando começou nessa área, teve muita dificuldade de encontrar pessoas que passassem conhecimento e que estivessem dispostas a ensinar. Por isso, desenvolveu um projeto social chamado Libélula, que profissionaliza mulheres na área da beleza.

“Percebi que tudo o que não tive no início da minha jornada, posso agora oferecer em termos de conhecimento, desde empreendedorismo, marketing e gestão, até a ‘mão na massa’ o curso prático. Seja em conhecimento, seja em exemplo ou até mesmo um conselho, sempre podemos mudar a vida de alguém para melhor. E a área da beleza me ensinou isso”, enfatiza a empresária.

Tecnologia a favor da beleza

Kamilla Loyane, fundadora da startup Lolita Bonita, de Cascavel, também no oeste paranaense, percebeu durante sua formação como esteticista a falta de uma plataforma na sua região que facilitasse a vida de profissionais e clientes interessados em serviços de estética. Com apoio do Sebrae, ela lançou um aplicativo, em 2019, para suprir essa demanda.

Kamilla Loyane, da startup Lolita, de Cascavel. Crédito: Kauã Veronese.

Com esseapp, os clientes podem pesquisar, agendar e pagar on-line por serviços de cabeleireiro, manicure e massagista. Ela também inovou ao oferecer cupons de descontos para dias de menor movimento. Além do aplicativo, a startup lançou o site, que funciona como um e-commerce de produtos para cuidados com a pele, corpo e cabelo.

“Na época, estavam surgindo muitas clínicas e salões, ou seja, era um mercado que estava saturado. Foi aí que comecei a pensar em como poderia inovar e me diferenciar nessa área. O essencial é reunir preço justo e qualidade no serviço, isso promove uma democratização da estética”, afirma a empreendedora.

Esse e outros materiais ligados a tendências estão disponíveis gratuitamente no site: www.sebraepr.com.br/tendencias/.

]]>
5Gbet Mapa do site