5Gbet - Startup Summit – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.comAcesse conteúdos jornalísticos, nos mais variados formatos, focados na informação como aliada das micro e pequenas empresasWed, 13 Sep 2023 17:38:20 +0000pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=6.4.35Gbet - Startup Summit – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.com/inovacao-e-tecnologia/inova-startups-oferece-oportunidade-de-capacitacao-e-investira-r-8-milhoes-em-startups/Wed, 13 Sep 2023 17:38:20 +0000https://www.emedist.com/?p=16637A 3ª edição do programa Inova Startups, lançado durante o Startup Summit 2023, irá contemplar até 20startups em sua primeira fase com mentorias e aportes de até R$ 750 mil porstartup. Além de investimento financeiro, os negócios inovadores selecionados receberão, ao longo de sete meses, capacitação através deworkshops, conexões e comunidades de apoio. As inscrições estão abertas até o dia 29 de outubro e podem ser realizadas através da plataforma Sebrae Startups.

Pioneiro no país, o Inova une investimento financeiro e conhecimento para startups de todo o Brasil. Através de uma trilha composta por três fases, as startups classificadas poderão receber aportes financeiros e uma intensificação do programa para acompanhar a escalada do investimento. Na primeira etapa, até 20 startups receberão uma rodada de investimento e um mês de aceleração online e presencial. Na segunda, com duração de quatro meses, os negócios poderão receber um novo aporte e terão sete encontros presenciais. Por fim, na terceira fase, as startups terão a chance de conquistar mais um investimento e um mês de consultoria especializada e individualizada.

De acordo com Marcos Regueira, assessor de projetos especiais do Sebrae de Santa Catarina, o Inova Startups foi criado pelo Sebrae/SC com a intenção de estimular a inovação e o empreendedorismo, viabilizando o acesso das startups apoiadas a financiamento, mentorias, capacitações enetworking. Além disso, o programa visa à redução de riscos, o crescimento sustentável, a diversificação de fontes de financiamento e o aumento da competitividade global.  “Com esses objetivos, já investimos em 41 startups de oito estados e pretendemos chegar ao fim de 2023 com mais de 60 startups investidas”, comenta Marcos.

Para Rodrigo Alves Rodrigues, gestor de projetos de Inovação do Sebrae, é uma honra para a entidade nacional participar da terceira edição do programa Inova em parceria com importantes agentes do ecossistema empreendedor.

Acreditamos que a inovação e a disponibilidade de capital são dos pilares fundamentais para o desenvolvimento econômico do Brasil e para o fortalecimento das micro e pequenas empresas. Estamos comprometidos em fornecer recursos, orientação e conexões estratégicas que permitirão a essas empresas inovadoras contribuírem de forma significativa para a economia nacional e internacional.
Rodrigo Alves Rodrigues, gestor de projetos de Inovação do Sebrae

Quem pode participar do programa

As startups interessadas em participar precisam atender aos seguintes critérios:

  • Ser uma startup inovadora e escalável.
  • Estar buscando captação Anjo ou Pré-seed (e tenha o valuation de até R$ 14 milhões).
  • Ter modelo de negócios B2B, B2B2C, B2C ou B2G.
  • Ter encontrado o PSF (Problem-Solution-Fit).
  • Ter Produtos/serviços validados e operacionais.
  • Ter faturamento mínimo recorrente (MRR) de R$ 10 mil por mês.
  • Estar próxima ao break-even ou com visão clara para alcançá-lo.
  • Bônus: ter recebido investimento anjo ou ter sido acelerada.
  • A divulgação dos selecionados nesta terceira edição do Inova ocorrerá em dezembro.

Sobre o Sebrae Startups

A plataforma Sebrae Startups agrega iniciativas de capacitação, conexão e fortalecimento de empresas em early stage para fomentar o empreendedorismo inovador em todo o Brasil. O novo projeto engloba a capilaridade e a força da marca Sebrae para criar a maior rede de startups da América Latina. O objetivo é desenvolver o setor tecnológico em todas as regiões do país.

]]>
5Gbet - Startup Summit – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.com/inovacao-e-tecnologia/nordeste-revela-ser-uma-regiao-estrategica-para-negocios-inovadores/Fri, 01 Sep 2023 13:03:03 +0000https://www.emedist.com/?p=16388De acordo com o Startups Report Brasil 2022-2023, estudo realizado pelo Observatório, da plataforma Sebrae Startups, o ecossistema de inovação estartups está aquecido no Nordeste. O relatório, divulgado de forma inédita durante o Startup Summit 2023, mostrou que o Sudeste lidera com 3.509 startups, seguido da região Sul, que aparece com 2.209. No entanto, no Nordeste o número também é expressivo, são 1.250startups impactadas pelo Sebrae. Para a região Norte, o número é de 424 e, no Centro-Oeste do país, são 385 startups atendidas pela entidade.

Os números evidenciam um aquecimento da região Nordeste, que apresenta uma boa representatividade frente aos já consolidados polos do Sul e Sudeste. Já o Norte e o Centro-Oeste possuem oportunidade de crescimento. Ainda de acordo com o relatório, 72,69% dos negócios de startups atendidas pelo Sebrae no Brasil são de empresas que vendem para outros negócios, sendo 58,53%  B2B e 14,16% B2B2C. Apenas 25,16% atuam diretamente com consumidor final, no modelo B2C – no entanto, há uma tendência de crescimento deste modelo.

Os segmentos mais atendidos são os de Tecnologia da Informação (TI), com 23,34%, Saúde (15,14%) e Agronegócio (12,31%). Como principais modelos de receita, destacam-se Vendas Diretas (38,17%) e Software as a Service (SaaS), com 27,35%. Ainda, 69,5% das startups são microempresas em estágio de Tração (38,74%) e Validação (25,14%).

Por fim, o relatório revela que 71,13% dos sócios são do gênero masculino e apenas 23,44% feminino, o que demonstra a importância de seguir ampliando as políticas de incentivo da participação das mulheres no ecossistema de startups. O Mapeamento da Abstartups de 2021 apontou um número ainda menor, de 17% de sócias empreendedoras, o que mostra uma proporção levemente maior nas startups atendidas pelo Sebrae.

Lançamento durante o Startup Summit 2023

Os participantes do Startup Summit puderam acompanhar, no segundo dia de evento, tanto on-line quanto presencialmente, o lançamento do Observatório Sebrae Startups, primeira plataforma brasileira que agrega dados sobre o ecossistema destartups. Somente no ano de 2022, a entidade atendeu mais de 7.700startups e impactou mais de 14 mil profissionais em todo o país.

A iniciativa do Sebrae Startups busca ser fonte de informações confiáveis do mercado nacional de startups. Através do Observatório, empreendedores, investidores, aceleradoras, poder público e todo o ecossistema de inovação poderão acompanhar as principais tendências e oportunidades do mundo das startups. A plataforma vem para democratizar o acesso a dados que facilitem a tomada de decisões diante do mercado nacional e reverberar a capilaridade do Sebrae dentro do ecossistema de startups.

“Com base nos dados compilados, o Sebrae Startups se compromete a fortalecer ainda mais o suporte às startups e empreendedores brasileiros, oferecendo programas, capacitações e conexões estratégicas para que esses negócios inovadores prosperem e alcancem patamares cada vez mais elevados”, afirma Luc Pinheiro, diretor-técnico do Sebrae de Santa Catarina.

Além de centralizar e integrar as ações do Polo Sebrae de Startups e oferecer o acesso a dados de perfil de startups a nível nacional, o Observatório Nacional do Sebrae Startups possibilitará o cruzamento de dados destartups com dados socioeconômicos por estado e região e a divulgação de estudos periódicos sobre o mercado de startups no Brasil. Na plataforma será possível acompanhar as principais oportunidades, notícias e informações relevantes sobre legislação para startups e estudos periódicos exclusivos sobre o mercado de startups no Brasil.

Principais destaques do relatório:

  • Em 2022, o Sebrae atendeu 7.777 startups em atividade no Brasil.
  • 70% dessas startups são classificadas como microempresas.
  • 14 mil profissionais estão posicionados no mercado como sócios, fundadores ou CEOs dessas empresas atendidas pelo Sebrae.
  • 58% das empresas trabalham com o modelo de negócio B2B, ou seja, as startups vendem seus produtos para outras empresas.

Asstartups estão presentes e pensando em soluções inovadoras em diversos setores da sociedade. No país, elas atendem principalmente aos segmentos de Tecnologia da Informação, Educação, Agronegócio e Saúde/Bem-estar.

Sobre o Sebrae Startups

A plataforma Sebrae Startups agrega iniciativas de capacitação, conexão e fortalecimento de empresas em early stage para fomentar o empreendedorismo inovador em todo o Brasil. O novo projeto engloba a capilaridade e a força da marca Sebrae para criar a maior rede de startups da América Latina. O objetivo é desenvolver o setor tecnológico em todas as regiões do país.

]]>
5Gbet - Startup Summit – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.com/inovacao-e-tecnologia/startups-aceleradas-pelo-inova-amazonia-participam-de-evento-em-florianopolis/Fri, 25 Aug 2023 22:11:12 +0000https://www.emedist.com/?p=16248O sonho da tocantinense Maria Edivângela é levar a carne de jaca do Brasil para o mundo. O biólogo Antônio Carlos Souza transformou sua pesquisa de doutorado em um negócio promissor, com foco na piscicultura. E a empresa de Cíntia Pacheco está testando um aplicativo para ajudar apicultores a melhorarem seus resultados. Acelerados pelo programa Inova Amazônia, esses negócios estão entre os expositores do Startup Summit, evento que termina hoje, em Florianópolis (SC).

A empreendedora Cíntia Pacheco, da startup Geo Bee, desenvolveu um app de geolocalização para colmeias de abelhas. Foto: ASN.

Já pensou em um aplicativo que desenvolve geolocalização para colmeias de abelhas e colabora na redução da perda dos enxames? Astartup Geo Bee, liderada pela empreendedora Cíntia Pacheco, sim. O app, em fase de testes, tem ainda funcionalidades como alerta de início das floradas e de mudanças climáticas.

“Além de auxiliar os apicultores na definição do melhor local para instalação dos apiários, nós também pretendemos fazer a conexão com produtores rurais para ampliar a polinização em áreas agrícolas. Evitando a perda das abelhas, há maior polinização na agricultura e na floresta. Com o uso dessa tecnologia, conseguimos aumentar a lucratividade dos produtores e contribuir para a sustentabilidade dos negócios e do ambiente”, explica Cíntia.

A primeira indústria de carne de jaca da Amazônia Legal é da empresária Maria Edivângela, de Tocantins. Foto: ASN.

Maria Edivângela se orgulha de estar estruturando a primeira indústria de carne de jaca da Amazônia Legal. Localizada em Taquaruçu, distrito turístico de Palmas/TO, a Carne de Jaca Brasil foi fundada em dezembro de 2020 e, segundo Edivângela, deslanchou depois que foi acelerada pelo Inova Amazônia.

“Nosso produto é vegano, orgânico e versátil, pode ser utilizado em diversos pratos. Mas eu não sabia como desenvolver a ideia do negócio e posicionar este produto no mercado. Eu costumo dizer que o Inova Amazônia foi o ‘marco zero’ da minha empresa. Saímos do fundo do quintal, investimos na instalação de uma pequena indústria e no desenvolvimento do produto, das embalagens”, afirmou Edivângela que, no começo, fazia todo o processo manualmente. Hoje, a empresa beneficia cerca de 500 quilos de jaca por mês durante a época da fruta. Ela compra de pequenos produtores, beneficia e vende pra pequenas fábricas de produção de salgados, além de restaurantes, lanchonetes e mercadinhos.

O biólogo Antônio Carlos Freitas Souza está à frente da agrotech Bactolac. Foto: ASN.

A Bactolac é uma agrotech que desenvolve tecnologias para a cadeia produtiva do pescado. O biólogo e CEO da startup, Antônio Carlos Freitas Souza, decidiu levar para o mercado o resultado de sua pesquisa para o doutorado em Ciência Animal. “Desenvolvemos um probiótico, um aditivo alimentar para melhorar a taxa de conversão alimentar dos peixes. Até 80% do custo operacional da piscicultura é com ração e nós buscamos solucionar essa grande dor dos produtores. Nosso produto reduz a quantidade da ração em até 30% e aumenta a lucratividade”, explica.

O empreender conta que, durante o processo de aceleração do Inova, a startup fez conexão com o mercado, validou o MVP (produto mínimo viável) e, ao final, realizou a primeira venda.

Pra gente, foi um processo muito importante, fundamental para iniciarmos nosso negócio de maneira estruturada e organizada.

Pessoas interessadas em desenvolver ideias de negócio inovadoras na Amazônia Legal e vivenciar experiências como as de Maria, Cíntia e Antônio Carlos têm até o dia 3 de setembro para se inscrever ao novo ciclo do Inova Amazônia.

Inova Amazônia

Estratégia focada em fomentar, apoiar e desenvolver pequenos negócios, startups, empreendimentos e ideias inovadoras alinhadas à bioeconomia, que tenham como premissa a atuação direta ou indireta para preservação ou uso sustentável dos recursos da biodiversidade do bioma Amazônia. A iniciativa tem como objetivo gerar novos negócios, agregar valor às empresas existentes e fortalecer o ecossistema de bioeconomia amazônico, por meio da inovação, da sustentabilidade e da conexão entre empreendedores da região e empreendedores de outras localidades.

Criado em 2021, na sua primeira edição, o Inova Amazônia contou com mais de 800 inscrições de diversos estados brasileiros – desse montante, 400 ideias foram selecionadas para a primeira fase e 230 negócios continuaram na segunda fase. A primeira edição do programa foi encerrada ao final de 2022.

Mais informações e inscrições: https://www..

]]>
5Gbet - Startup Summit – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.com/inovacao-e-tecnologia/sebrae-e-angola-projetam-summit-internacional-em-2024/Thu, 24 Aug 2023 17:14:54 +0000https://www.emedist.com/?p=16160O presidente do Sebrae, Décio Lima, e o ministro da Economia e Planejamento de Angola, Mário Caetano João, firmaram nesta quinta-feira (24) o compromisso para realizar, em abril de 2024, no país africano, um grande evento de inovação e empreendedorismo unindo 1 mil startups brasileiras e angolanas. O encontro, que aconteceu em Luanda, faz parte de agenda para a promoção comercial, intercâmbio de experiências e investimentos entre os dois países. O Sebrae avança nessas parcerias durante a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Angola.

Com essa perspectiva, Décio Lima afirmou que o ecossistema do empreendedorismo e da inovação é o grande vetor para o Brasil ampliar sua relação com Angola. Segundo Lima, essa é uma aproximação estratégica, já que o mercado angolano está em pleno crescimento e demanda soluções que podem ser oferecidas pelas empresas brasileiras.

O Sebrae está olhando para fora em busca de complementaridades econômicas entre Brasil e Angola. Queremos levar os produtos e serviços dos nossos pequenos negócios para a África e para o mundo.

Oministro Mário Caetano ressaltou a importância da parceria do Sebrae com o INAPEM, organização congênere ao Sebrae na Angola. “Esperamos, de fato, uma atividade intensa. O Sebrae é uma das instituições mais sólidas do Brasil, vocacionada ao empreendedorismo.” Segundo o ministro, a expectativa do INAPEM é receber apoio para avançar na sua maturidade institucional. Assim, efetivamente, ajudaremos nossa juventude, que representa 50% da população de Angola, a transformar seus sonhos em negócios e a tracionar o nosso Produto Interno Bruto (PIB).

Caetano acrescentou que a parceria com o Sebrae expandiu as perspectivas iniciais do governo angolano, que era de promover uma ação com 500 startups. “Vamos, agora, arregaçar as mangas para concentrar mais de 1 mil startups ao nosso Startup Summit, em abril de 2024”, disse. Ainda segundo o ministro, Sebrae e INAPEM têm uma agenda já firmada para a realização de visitas técnicas entre representes das duas instituições.

Os presidentes do Brasil e da Angola anunciaram a intenção de trabalharem juntos. Aprofundar essa relação bilateral demanda uma aproximação sólida e contínua.

Com essa perspectiva, Décio Lima afirmou que o ecossistema do empreendedorismo e da inovação é o grande vetor para o Brasil ampliar sua relação com Angola. Segundo Lima, essa é uma aproximação estratégica, já que o mercado angolano está em pleno crescimento e demanda soluções que podem ser oferecidas pelas empresas brasileiras.

]]>
5Gbet - Startup Summit – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.com/economia-e-politica/decio-lima-integra-comitiva-presidencial-na-africa-e-defende-abertura-de-mercado-para-os-pequenos/Thu, 24 Aug 2023 11:52:11 +0000https://www.emedist.com/?p=16151Em encontro na sede do Instituto de Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas (INAPEM) de Angola, o presidente do Sebrae, Décio Lima, abordou os desafios da inclusão produtiva e social no Brasil e no país africano, que apresentam desafios estruturais similares. A conversa aconteceu na manhã desta quinta-feira (24), em Luanda, capital angolana, onde Décio Lima cumpre agenda extensa de trabalho, visando fomentar ações de promoção comercial e ampliar oportunidades para as micro e pequenas empresas brasileiras.

“Representamos aqueles que acordam e precisam se virar, empreendendo. O Sebrae está com uma mão forte para ajudar e construir parcerias em Angola. Somos a porta da esperança de milhões de pessoas”, afirmou Lima durante o encontro, reforçando que o Sebrae apoiará o INAPEM a superar gargalos regionais. O ponto alto da missão e que constitui o objetivo principal da viagem, será a assinatura do protocolo de cooperação entre o Sebrae e o INAPEM, que acontecerá durante a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Angola, na sexta-feira (25).

O presidente do Instituto, João Muinguilo Lunda Nkosi, agradeceu a visita e elogiou as iniciativas do Sebrae, que, segundo ele, projetam o Brasil em nível internacional, devido ao trabalho de suporte e inclusão dos pequenos negócios brasileiros. “O Sebrae é uma escola, vocês são uma fonte de inspiração”, afirmou Nkosi, acrescentando o espírito de mobilização do Inapem e da sociedade organizada no país africano: “Nosso lema no INAPEM é que recuar é pecado, então vamos juntos até as últimas consequências para apoiar as pequenas empresas”.

Na ocasião, o Sebrae foi convidado a integrar o conselho consultivo do programa de formalização de pequenos negócios que o país africano lançará no mês de setembro. Na tarde desta quinta-feira (25), a delegação brasileira será recebida pelo ministro da Economia e Planeamento, Mário Caetano João. A agenda técnica dos próximos dias inclui encontros de trabalhos de alto nível com outros parceiros estratégicos, como o Banco Mundial, Banco Africano de Desenvolvimento e a Corporação Financeira Internacional.

Décio Lima destaca ainda que essa aproximação é estratégica para os planos do Brasil na África, já que a Angola abriga a maior comunidade brasileira no continente (cerca de 15 mil pessoas), e o mercado demanda produtos e serviços que podem ser ofertados pelas pequenas empresas brasileiras.

“O Sebrae, junto com o governo Federal, está olhando para fora e buscando viabilizar a internacionalização dos pequenos negócios. O memorando de entendimento entre o Inapem e o Sebrae simboliza a renovação das relações históricas de diálogo e cooperação entre as duas instituições”, destaca Décio.

Startup Summit Florianópolis

De 23 a 25 de agosto, uma comitiva composta por representantes de 7 países da comunidade lusófona e da América Latina está em Santa Catarina, para participar do mais importante evento de empreendedorismo e inovação do Brasil: o Startup Summit, realizado pelo Sebrae. O chefe do Departamento de Consultoria e Assistência Técnica do Inapem, Alexandre Manuel, considerou relevante levar a experiência de Angola durante visita ao Sebrae Santa Catarina: “Compartilhamos nossa experiência sobre inovação e startups, e essa troca foi muito valiosa”.

A integração entre Brasil e Angola a partir do tema inovação começou em maio, quando o Sebrae recebeu especialistas do país africano no Web Summit Rio, que reuniu milhares de empreendedores em busca de soluções para problemas do cotidiano por meio das tecnologias. Angola apresenta crescimento acelerado dos centros de inovação e é um dos principais parceiros comerciais do Brasil no continente africano. Em 2021, as exportações brasileiras para o país alcançaram US$ 408 milhões e as importações, US$ 169 milhões. As exportações do Brasil para Angola incluem carnes (15%), açúcar refinado (10%) e veículos rodoviários (10%). Já as importações são constituídas por petróleo (72%) e gás natural (27%).

]]>
5Gbet - Startup Summit – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.com/inovacao-e-tecnologia/inovacao-muda-a-cara-do-pais-ao-impulsionar-negocios-inclusao-social-e-economica/Thu, 24 Aug 2023 01:31:02 +0000https://www.emedist.com/?p=16132OStartup Summit, considerado um dos principais eventos do ecossistema de inovação no Brasil, começou nesta quarta-feira (23) em tom aspiracional, posicionando a inovação como mola propulsora do desenvolvimento no Brasil. A 6ª edição promete ser a maior e mais disruptiva de todos os tempos, com 40 mil participantes nos formatos presencial e on-line. O primeiro dia foi marcado pelo debate sobre os efeitos da inovação na economia. Serão mais de 200 palestrantes nacionais e internacionais. O empreendedorismo feminino ganha destaque com o Sebrae Delas, fortalecendo o compromisso com impacto social.

O superintendente do Sebrae/SC, Carlos Fonseca, deu as boas-vindas, destacando que o evento está alinhado à proposta ESG da instituição. Na sequência, Célio Bernardi, presidente da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis, provocou: “Temos o desafio de levar novas soluções para o mercado e sabemos que as próximas inovações sairão aqui de dentro”. A tecnologia como instrumento de inclusão social esteve na fala de Iomani Engelmann, presidente da Associação Catarinense de Tecnologia: “Acreditamos que o Brasil pode ser diferente e vamos ajudar a transformar seu potencial em desenvolvimento”.

“As empresas só terão futuro com produtividade, diferenciação e valor agregado. E nada disso é possível sem inovação”, disse o diretor Bruno Quick durante a abertura do evento. Crédito: Cristiano Andujar.

Bruno Quick, diretor-técnico do Sebrae, citou Santa Catarina como exemplo por alinhar agendas a nível municipal, estadual e nacional para superar barreiras. O diretor convidou todos a replicarem o movimento da inovação pelo país.

“O Summit é verdadeiramente uma mola, reúne players do ecossistema e faz circular no Brasil a energia da inovação. Assim vamos transformar a realidade desse país”.

Quick completou: “As empresas só terão futuro com produtividade, diferenciação e valor agregado. E nada disso é possível sem inovação. Acreditamos que a inovação também é o caminho para ressignificar a educação no Brasil”.

Mensagem do presidente do Sebrae, Décio Lima. Crédito: Cristiano Andujar.

Em participação por vídeo, o presidente do Sebrae Nacional, Décio Lima, compartilhou a responsabilidade de protagonizar debates sobre o Brasil do amanhã. “Este é o momento de revolucionar o mundo e fazer acontecer”, defendeu Lima, destacando a importância de investir em pesquisa e empresas inovadoras.

“O Brasil é uma economia gigante de pequenos negócios. Eles trazem crescimento e inclusão social para o nosso país”, acrescentou.

José Zeferino Pedroso, presidente do Conselho Nacional do Sebrae, desejou que todos aproveitem a oportunidade de inovar. Convite reforçado pelo prefeito de Florianópolis, Topazio Neto.

A iniciativa do Sebrae de realizar do Startup Summit foi elogiada pelo governador de Santa Catarina, Jorginho Melo. “Fazer política também é respaldar e valorizar as habilidades técnicas. Precisamos inovar mais e provocar esse movimento com eventos como esse”, afirmou. Jorginho destacou o protagonismo do setor e a formação de profissionais por meio e parceria entre o Sebrae e a Fiesc. “Vamos dar resposta a essa lacuna entre oferta e demanda de vagas no setor de tecnologia”, completou o governador.

Segredos do Marketing Digital

O pontapé da programação no Startup Summit foi dado por um dos maiores especialistas do mundo em conversão de vendas e autor dos livros Landing Page OptimizationeUnleash Your Primal Brain: Tim Ash. Ao abordar a razão e a emoção, Tim desmistificou como as pessoas pensam e por que tomam certas atitudes. “O que decide mesmo são as emoções. Nosso cérebro gosta de escolhas simples”, ressaltou. “As pessoas são preguiçosas e impacientes. Muitas vezes, os websites são criados para quem tem tempo. Mas não!”, corrigiu o escritor.

Palestra do escritor Tim Ash no Startup Summit. Crédito: Cristiano Andujar.

O palestrante apresentou estratégias ligadas ao poder que a emoção pode gerar na decisão dos clientes e, assim, promover o sucesso do negócio:

  1. Fazer o negócio mais rentável ser a primeira opção;
  2. Utilizar o prazer e a oportunidade a seu favor, além de amplificar dor/problema;
  3. Criar propriedade sobre os produtos por meio de testes e personalização;
  4. Valorizar textos, imagens e movimento, evitando distrações na apresentação e websites;
  5. Oferecer pequenos serviços e produtos gratuitos, pois eles trazem reciprocidade.

Por fim, Ash afirmou que, apesar do atual enfoque dado à Inteligência Artificial, não é ela que ditará o sucesso de empresas estartups. “Não se trata de tecnologia. Se quiser uma carreira longa no negócio, procure saber e entender como as pessoas chegaram até ali. Essa é a verdadeira psicologia evolucionária”. O ator, empresário e sócio da Titanium Inc, Felipe Titto, encerrou o primeiro dia do evento com a palestra “Como ser um empreendedor campeão”.

Um dos estandes que está atraindo participantes traz a temática “Presente na história e no futuro de Floripa”. Trata-se de espaço voltado para gerar conexões e potencializar o associativismo por meio de uma experiência imersiva na história da entidade e na essência da capital catarinense. “Estamos abordando a inovação e o empreendedorismo como fortes elementos presentes no DNA da ACIF”, ressalta o presidente da entidade, Célio Bernardi.

Compromissos com ações ESG

A 6ª edição do Startup Summit promove o empoderamento feminino, responsabilidade ambiental, inclusão social e governança das startups. A contribuição do Sebrae Delas rendeu frutos significativos: pela primeira vez o número de palestrantes do sexo feminino ultrapassa o de homens. No total, 116 mulheres impulsionam a diversidade de vozes e perspectivas. O evento também implementou um plano completo de gestão de resíduos com ações práticas de sustentabilidade. Em parceria com a Comunidade Empreendedora e Junior Achievement, o evento recebe 410 jovens em situação de vulnerabilidade visando inspirar a próxima geração de empreendedores, ampliar horizontes e oportunidades.

Sobre o Startup Summit

O evento é realizado pelo Sebrae com apoio da plataforma Sebrae Startups, pela Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e pela Associação Empresarial de Florianópolis (ACIF), e acontece em Florianópolis entre 23 e 25 de agosto. São mais de 200 palestrantes nacionais e internacionais, 21 trilhas de conteúdo nos 8 palcos, além do Lounge Sebrae Delas. Entre os grandes nomes desta edição, estão o autor best-seller Eric Ries, André Street, Deborah Piscione, Daniel Moczydlower, Fernanda Ribeiro. A expectativa é reunir 40 mil pessoas, grande parte formada por dona de negócios de tecnologia ou interessadas em empreender.

Saiba mais em https://www..

]]>
5Gbet - Startup Summit – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.com/inovacao-e-tecnologia/mulheres-dominam-o-palco-como-como-palestrantes-no-maior-evento-de-startup-do-pais/Wed, 23 Aug 2023 17:32:12 +0000https://www.emedist.com/?p=16116Durante três dias, Florianópolis será a capital dasstartups do país. Serão 208 palestras sobre inovação, tecnologia e empreendedorismo. Apesar do universo das startups ainda ser predominantemente masculino, as mulheres dominarão o palco. Cerca de 60% das apresentações serão feitas por empresárias, especialistas, pesquisadoras e líderes de empresas inovadoras. O Startup Summit entra em sua sexta edição acumulando mais de 90 mil participantes. Este ano, o evento que começa no próximo dia 23, alcançou a marca recorde de 30 mil inscritos.

As empresárias presentes ao encontro vão contar com um espaço exclusivo para receber orientações do Sebrae e realizar rodadas de negócio. O lounge woman ficará disponível durante os três dias do evento.

“O Sebrae Delas é um programa inclusivo e trabalha para diminuir as desigualdades. O empreendedorismo feminino cresceu 30% no último ano, além disso elas são mais escolarizadas”, lembra Décio Lima, presidente do Sebrae.

Confira algumas das principais palestras lideradas por mulheres no Startup Summit 2023:

  • Palestra: “Tecnologias generativas de IA + web3 e como isso afetará o futuro do trabalho”. Com: Deborah Perry Piscione (Work3 Institute)
  • Fireside chat: “Liderança Inspiradora”. Com: Rachel Maia (Vale, CVC, Pacto Global ONU). Mediação: Angelica Mari (Forbes)
  • Painel: “Governança Corporativa comprometida com a equidade racial”. Com: Guibson Torres (Pacto de Promoção da Equidade Racial) e a Jéssica Rosa de Paula (Gerdau). Mediação: Talita Matos (Singuê)
  • Fireside Chat: “AI & Global Teams” com Laura Oliveira (Loops). Mediação: Renata Horta (Tropos Lab)
  • Painel: “Como a inovação aberta pode contribuir com o ESG”. Com: Ronan Max Prochnow (CTG), Fernando Penedo (Instituto Amazônia). Mediação: Renata Talarico Petrovic (Bradesco/inovabra)
  • Painel:”Construção de times para cada momento do negócio”. Com: Ana Rezende da Astella (Astella), Rodrigo Ricco (Octadesk). Mediação: Bruno Rodrigues (GoGood)
  • Painel: “Por que equipes diversificadas e inclusivas são os motores da inovação?”. Com: Carol Prates (Merkadim), Rafaela Frankenthal (SafeSpace). Mediação: Silvia Marafon (IBGC)
  • Palestra: “Product Marketing: conectando marketing e produto para acelerar crescimento”. Com: Aline Abreu (Pagbank)
  • Palestra: “Customer-led Growth: gerando crescimento a partir da sua própria base de clientes”. Com: Thalita Tomé (Fluency Academy)
  • Painel: “O que fizemos com o primeiro cheque de investidores e quais as lições aprendidas”. Com: Arthur Rufino (OCTA), Fernanda Ribeiro (Conta BLACK). Mediação: Natália Lazarini (Confra)
]]>
5Gbet - Startup Summit – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.com/inovacao-e-tecnologia/startup-summit-2023-atrai-paises-de-lingua-portuguesa-e-da-america-latina/Tue, 22 Aug 2023 18:00:36 +0000https://www.emedist.com/?p=16099Uma comitiva composta por representantes de 7 países da comunidade lusófona e da América Latina está em Santa Catarina, nesta semana, para participar do mais importante evento de empreendedorismo e inovação do Brasil: o Startup Summit 2023. Eles estão realizando visitas técnicas e reuniões estratégicas em instituições e empresas que integram o ecossistema de inovação de Florianópolis, considerado um dos mais importantes polos de inovação do país.

O chefe do Departamento de Consultoria e Assistência Técnica do Instituto Nacional de Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas (Inapem), Alexandre Manuel, considerou relevante levar a experiência de Angola para os empreendedores durante visita feita hoje (22) ao Sebrae Santa Catarina. “Compartilhamos a nossa experiência sobre inovação e startups, pois precisamos dessa troca”, avaliou.

O Sebrae fechará, na próxima sexta-feira (25), uma parceria para fomentar ações de promoção comercial e o intercâmbio de experiências e investimentos junto ao Inapem, instituição congênere da Angola. A iniciativa de aproximação integra a pauta do Fórum Econômico Angola – Brasil, que reunirá chefes de estado e autoridades das duas nações e promoverá reuniões setoriais entre empresas brasileiras e angolanas, nesta sexta-feira (25), na sequência da 15ª Cúpula dos Brics. A assinatura do acordo acontecerá na Luanda, capital angolana, e contará com a presença do presidente do Sebrae, Décio Lima.

Visitação da delegação estrangeira ao Sapiens (Parque de inovação do Governo do Estado).

Além da delegação da Angola, estão presentes representantes do Cabo Verde, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Venezuela e Colômbia. Os integrantes da comitiva são são gestores públicos, representantes do governo e lideranças de instituições congêneres.

Na programação, além de participar do evento que acontece no Centro de Convenções de Florianópolis entre os dias 23 e 25 de agosto, a comitiva fará visitas à sede do Sebrae SC, à Associação Catarinense de Tecnologia, ao Sapiens (Parque de inovação do Governo do Estado) e ao espaço Celta, primeira incubadora de negócios inovadores do país.

]]>
5Gbet - Startup Summit – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.com/inovacao-e-tecnologia/sebrae-quer-consolidar-o-startup-summit-como-principal-evento-do-ecossistema-brasileiro/Mon, 21 Aug 2023 12:46:02 +0000https://www.emedist.com/?p=16031OStartup Summit 2023 acontecerá nesta semana, de 23 a 25 de agosto, em Florianópolis (SC), com mais de 200 palestrantes em 21 trilhas de conteúdo. Organizado em parceria entre Sebrae, Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e Associação Empresarial de Florianópolis (ACIF), o evento traz, pela primeira vez, mais de 850 startups selecionadas para participarem gratuitamente, proporcionando um ambiente propício para conexões, oportunidades de negócios e compartilhamento de conhecimentos.

Em sua sexta edição, o evento já é considerado um dos principais do ecossistema de startups, justamente por promover a  reunião de  empreendedores, investidores, corporações e outros atores importantes no cenário de inovação. Com ingressos presenciais esgotados 45 dias antes do início, serão 10 mil participantes de modo físico e uma expectativa de 30 mil inscritos para a versão on-line e gratuita do evento.

Mas o Sebrae quer alcançar novos patamares com o desenvolvimento do ecossistema em Santa Catarina, visando fortalecer o polo de startups da entidade em âmbito nacional. Décio Lima, presidente do Sebrae, reitera a importância do empreendedorismo na esfera da inovação como um pilar fundamental para o progresso sustentável do país em longo prazo.

“Historicamente, o Sebrae desempenha um papel significativo como impulsionador do ecossistema de inovação no Brasil. Esse é um dos caminhos para reduzir as desigualdades, estimular a economia, gerar empregos e aumentar a competitividade dos pequenos negócios.”

Assim, em parceria com os realizadores, o evento chega com novidades que visam mais do que ampliar o networking e a  geração de negócios. Uma delas é o lançamento do aplicativo que permite o agendamento de reuniões 1:1 entre empreendedores, mais de 100 fundos de investimento nacionais e internacionais, além de estabelecer conexões com até 90 grandes corporações durante o LinkLab Open Day.

Fortalecendo o ecossistema 365 dias no ano

Para além do Startup Summit e com foco em reforçar a marca perante as startups, o Sebrae vem desenvolvendo diversos eventos, missões e outros ativos espalhados pelo Brasil. Com uma capilaridade única no Brasil, o Sebrae pretende desenvolver a maior rede de startups da América Latina, reunindo programas nacionais e regionais que impactaram quase 8 mil negócios em 2022. “Das 7,8 mil startups apoiadas ano passado pelo Sebrae, quase 70% são microempresas de até R$ 360 mil por ano. Todas elas passaram por programas de curta, média e longa duração do Sebrae, em todos os estados do Brasil e em muitas cidades do interior”, diz o presidente do Sebrae.

Para 2023, o objetivo é atender 10 mil empresas, por meio da plataforma Sebrae Startups, lançada em maio deste ano no Web Summit. Com a capilarização dos  programas de apoio oferecidos pelo Sebrae,  a plataforma fortalece o compromisso com a promoção do empreendedorismo inovador em todo o país. Lima reforça que “com a capilarização de nossos programas de apoio, em pouco tempo, o Sebrae deve se tornar a maior plataforma de desenvolvimento de startups do país e potencialmente do mundo. Além de ações para fomentar startups em todo o Brasil, o Sebrae atua em segmentos e regiões estratégicas para impulsionar os negócios inovadores, como a bioeconomia na Amazônia, por meio do Inova Amazônia, no Nordeste, por meio do Startup Nordeste, e os diversos programas de apoio à startups em segmentos como saúde, área financeira, indústria 4.0, educação, entre outros”.

No Startup Summit, a plataforma Sebrae Startups apresentará o Observatório Sebrae Startups, uma iniciativa que visa monitorar o setor por meio de levantamentos e pesquisas frequentes, consolidando ainda mais o compromisso do Sebrae com o fortalecimento e desenvolvimento contínuo do ecossistema de startups no Brasil.

Palestrantes de destaque

O  empresário, criador do movimento lean startup e autor do best-seller do The New York Times “A Startup Enxuta”, Eric Ries, é keynote speaker destaque do Startup Summit 2023. Ries se tornou referência como fundador de diversas startups, incluindo a IMVU, uma rede social e maior metaverso social da Web3, criada em 2004. Após experiências insatisfatórias, criou a abordagemlean (ou enxuta), que foca no desenvolvimento de negócios e produtos que entregam valor aos clientes, enquanto simultaneamente diminuem custos, recursos e tempo.

Já assessorou inúmeros outros negócios em estratégia e produtos, além de empresas de Venture Capital e grandes companhias, como a GE, com quem fez parceria para criar o programa FastWorks. Fundou em 2012 a Long-Term Stock Exchange (LTSE), onde atua como CEO até hoje. A empresa oferece há 11 anos suporte para a próxima geração de “empresas emblemáticas” e investidores com a infraestrutura financeira que eles precisam em todos os estágios de crescimento.

O evento ainda traz os palestrantes internacionais: Deborah Perry Piscione, especialista em processos de inovação e autora do livro Secrets of Silicon Valley focado no ecossistema californiano e  Tim Ash, criador da SiteTuners, agência com foco em CRO e autor dos livros Landing Page Optimization e Unleash Your Primal Brain.

Também são destaques da edição André Street, CEO e fundador da Stone; Daniel Moczydlower, atual CEO e presidente da Embraer-X; Juliano Tubino, vice-presidente da Totvs e CEO da RD Station e Rachel Maia, CEO da RM Consulting e presidente do conselho administrativo da ONU no Brasil.

Serviço:

Startup Summit 2023

Data: 23, 24 e 25 de agosto

Onde: Centrosul (Av. Gov. Gustavo Richard, 850 – Centro, Florianópolis — SC) e online (palestras da plenária)

Informações:  www.startupsummit.com.br

]]>
5Gbet - Startup Summit – 5Gbet – 5Gbethttps://www.emedist.com/inovacao-e-tecnologia/startup-summit-2023-reune-iniciativas-de-internacionalizacao-e-representantes-de-consulados-de-cerca-de-10-paises/Fri, 18 Aug 2023 18:25:29 +0000https://www.emedist.com/?p=15991Cada vez mais startups brasileiras se inserem no exterior em busca de ecossistemas de inovação promissores. Acompanhando esse movimento, o Startup Summit 2023, realizado pelo Sebrae, pela ACATE e pela ACIF, reunirá diversas oportunidades de internacionalização para empreendedores do país. A 6ª e maior edição até agora, conectará cerca de 10 países com negócios de todo o Brasil. Durante os dias 23, 24 e 25 de agosto, são esperadas 10 mil pessoas no centro de convenções CentroSul, em Florianópolis.

Com presença em estande haverá seis delegações: Portugal, China, Reino Unido, Israel, Estados Unidos e uma comitiva que agrega a Holanda e a Alemanha. Além disso, outros países estarão presentes como os Emirados Árabes. O evento, um dos mais importantes do país para empreendedores estartups, irá oportunizar o contato com câmaras de comércio e escritórios de apoio à negócios da Alemanha, Reino Unido, Dubai, Canadá, Israel, Portugal, China e outros. Até o momento, os representantes de consulados confirmados são os do Consulado-Geral dos Estados Unidos da América e do Consulado-Geral Britânico.

Entre as mais de 100 trilhas de conhecimento, estão presentes as trilhas de internacionalização. Durante o evento, as startups terão acesso a diversas dicas de como se internacionalizar e quais caminhos seguir através de palestras e do contato com atores importantes do ecossistema internacional. Um dos grandes nomes presentes para a trilha é o do empreendedor e CEO da SignalRank, Kayvan Baroumand, com a palestra “How to build customer centric organizations – and take them global“. O fundador de duas grandes incubadoras e aceleradoras no Vale do Silício irá palestrar no palco 4, às 14h10, no dia 24.

“Será possível conhecer diversas possibilidades de participação internacional, receber apoio e ampliar a rede de contatos através da agenda que o evento prevê”, afirma Nathália Tortola, analista técnica da Gerência de Negócios do Sebrae de Santa Catarina e responsável pelas trilhas internacionais do evento.

Iniciativas nacionais também são destaque, como o projeto Go Global Tech, que incentiva a internacionalização de pequenos negócios. A iniciativa do Boston Innovation Gateway, em parceria com o IXL Center,  faz parte do programa Go To Market, realizado pelo Sebrae de Santa Catarina.

Lançamentos voltados para a internacionalização de startups

Uma novidade para asstartups que buscam o mercado exterior será lançada durante o Startup Summit 2023. Trata-se do International Tech Hub (ITH), empresa que terá como foco o apoio  no estágio inicial de internacionalização de empresas do setor tecnológico. A nova empresa será um spin off da WTM International, que já trabalha com exportação e importação de serviços e outros intangíveis.  O lançamento do ITH, que terá um estande no Startup Summit, conta com a parceria do Grupo Temático  de Internacionalização da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE).

O pré-lançamento do livro “Ponte para o Mundo”, que tem a co-organização de Alexandre Noronha, Daniel Leipnitz e Rodrigo Lóssio, também acontecerá durante o Summit. A obra, que reúne mais 30 especialistas e lideranças e aborda temas como governança corporativa, exportação de produtos e serviços, expatriação corporativa, marketing e comunicação internacional, terá parte dos lucros das vendas repassados para projetos de inclusão social e formação em tecnologia.

Serviço:

Startup Summit 2023

Data: 23, 24 e 25 de agosto

Onde: Centrosul (Av. Gov. Gustavo Richard, 850 – Centro, Florianópolis — SC) e online (palestras da plenária)

Informações:www.startupsummit.com.br

]]>
5Gbet Mapa do site